Vender mais na oficina: 10 dicas para aumentar os lucros

Quer descobrir como vender mais na oficina e aumentar os seus lucros?

Vender mais na oficina é um dos principais objetivos dos empreendedores do segmento. Com essas 10 dicas, você vai descobrir como.

Criar meios para vender mais na oficina nem sempre é uma tarefa simples. Com o país atravessando um momento de crise financeira, aumentar o faturamento pode parecer impossível. No entanto, com planejamento e as estratégias certas, você pode sim aumentar o seu lucro e vender mais na oficina.

Se quiser mais dicas para fazer o seu negócio crescer independentemente da crise, dê uma olhada nesse outro conteúdo do blog. Veja também nossas dicas sobre como aumentar as vendas dos produtos automotivos!

Criar diferenciais para a sua oficina e fazer um bom trabalho de divulgação são dois pontos que podem fazer toda a diferença no seu faturamento. Mas na hora de planejar essas ações, é normal que surjam muitas dúvidas.

Nesse artigo, você confere 10 dicas incríveis para ajudá-lo  a vender mais na sua oficina. É só continuar lendo para conferir:

1: Serviços diferenciados

Ofereça diferentes tipos de serviço para garantir a conveniência para seus clientes, enquanto aumenta o valor do ticket.

A melhor forma de ampliar a rentabilidade da oficina é realizar mais atendimentos. Para que isso aconteça é importante disponibilizar diversos tipos de serviços aos clientes.

Se você já trabalha em duas ou três áreas, como funilaria/lanternagem, troca de óleo e suspensão, tente ir além. Busque uma especialização em outra área como ar-condicionado, elétrica, polimento cristalizado, lavagem e polimento, limpeza do interior do carro, etc.

Uma variedade maior de serviços tornará sua oficina muito mais atrativa. Afinal, na correria da rotina moderna, a maioria das pessoas prefere resolver todos os problemas em um lugar só. Além disso, essa é uma forma infalível de vender mais na oficina, uma vez que o cliente pagará por mais de um serviço.

2: Qualificação

Uma equipe de profissionais qualificados é um diferencial incrível para a oficina.

Um fator que traz muita credibilidade para a oficina e torna o cliente mais suscetível à compra de serviços é a qualificação. Afinal, ninguém quer entregar o carro para qualquer pessoa e correr o risco de imprevistos no futuro.

Nas paredes do estabelecimento, você pode colocar certificações de cursos realizados pela equipe. Dessa forma, fica claro que todos estão aptos a realizar os serviços que você oferece. Também podem ser usados crachás mostrando a área de atuação de cada funcionário. Isso deixa evidente a organização do grupo: cada um tem uma função específica dentro da oficina.

Outra forma de ganhar mais credibilidade é mostrar aos clientes os adesivos de homologação dos produtos utilizados nos serviços. Ter a confiança dos seus clientes é essencial para vender mais na oficina.

3: Prazos

Para fidelizar clientes e vender mais na oficina, não deixe de respeitar os prazos combinados.

É muito comum que clientes deixem de voltar em uma oficina quando a entrega do veículo atrasa. Novamente, é uma questão de confiança: seu cliente se planejou para pegar o carro na data e hora marcada. Quando o veículo não está pronto, isso é um incômodo enorme. Muitos relatos mostram que é comum oficinas não cumprirem com os prazos de conclusão dos serviços.

Tenha sempre em mente que o cliente que está hoje na oficina não representa somente aquele serviço. Ele também representa muitos serviços em potencial, que pode contratar no futuro. Para vender mais na oficina, agradar e fidelizar os clientes é essencial.  

Por isso é importante montar um planejamento viável, onde será possível entregar o veículo na data combinada. Caso o serviço seja realizado com qualidade e entregue no prazo, seu cliente sairá satisfeito e muito provavelmente retornará em ocasiões futuras. Além disso, clientes felizes costumam a indicar a loja para familiares e amigos. Isso irá ajudar a vender mais na oficina.

4: Qualidade no serviço

Entregar sempre um serviço de qualidade é essencial para vender mais na oficina.

Mais do que entregar um serviço de forma ágil, ele tem que ser entregue com qualidade. Não adianta se esforçar para resolver o problema rapidamente, e entregá-lo de forma inacabada.

Faça testes e procure por outros defeitos que possam surgir. Busque minimizar as possibilidades do cliente retornar a oficina reclamando de um serviço mal executado.

Serviços sem qualidade não afetam apenas a imagem da sua oficina. Além do cliente deixar de confiar na sua equipe e espalhar que não gostou do serviço, o retrabalho consome tempo. Consertar um serviço mal feito é usar tempo que poderia ser dispensado a um novo cliente.

O tempo do seu cliente também é prejudicado: ele precisará passar mais dias sem o veículo. Isso tudo é péssimo para a forma que os clientes enxergam sua marca.

5: Redes Sociais

As redes sociais são uma ferramenta incrível para quem quer vender mais na oficina.

Uma boa forma de atrair novos clientes e vender mais na oficina é através de estratégias de marketing digital. Hoje a internet pode ajudar muito a divulgar seu negócio.

Redes sociais como Facebook e Instagram podem ajudar muito na divulgação, possibilitando que mais pessoas saibam sobre a oficina. O alcance desse tipo de plataforma é surpreendente.

Além disso, as redes sociais também trazem opções de relacionamento com o cliente. Através das páginas, é possível fazer entrega de material informativo, divulgação de promoções e outros tipos de conteúdo. Essa é também uma ótima ferramenta para receber feedback dos seus clientes.

Milhões de brasileiros são usuários dessas redes sociais e isso evidencia a importância de se fazer presente nesses meios.

6: Site

Atualmente, ter um site é extremamente importante. Mesmo com o avanço das redes sociais como Facebook, o site ainda é o local em que a sua empresa pode mostrar a sua essência. As redes sociais não te oferecem autonomia sobre os layouts, fluxos de páginas, entre outras características de navegação.

No site você disponibiliza ao usuário aquilo que você deseja e da forma como deseja. O layout, os botões, os conteúdos, tudo é feito como você quer, sem a interferência de ninguém.

Busque montar um site que explique qual o serviço prestado, disponibilize conteúdo atrativo e entregue algum valor a quem está lendo. Isso  fará com que os seus clientes se interessem mais por aquilo que você faz e pelo serviço que você presta.

Se quiser dicas para fazer sua oficina aparecer no Google, leia esse outro post do blog.

7: Youtube

O youtube pode ser um canal de divulgação incrível para ajudar a vender mais na oficina.

O empreendedor Alexandre Dias Generoso, proprietário da Oficina High Torque localizada em BH, criou um mecanismo de divulgação incrível. E o melhor, ele pode ser aplicado a qualquer outra oficina. Com esse modelo, é possível passar uma imagem de credibilidade entregando informação aos seus clientes.

A grande ideia de Alexandre foi fazer vídeos de alguns serviços prestados em sua oficina. Sem grandes orçamentos e produções, os vídeos foram disponibilizados em um canal de Youtube.

O legal da iniciativa é que ela cria uma interatividade entre a marca e o consumidor. É possível acompanhar como é feito esse tipo de serviço e entender melhor o que está contratando. Essa relação dinâmica com o cliente possibilita vender mais na oficina.

Outro fator relevante é a credibilidade que o vídeo passa. Ali, os conhecimentos da equipe são evidenciados. Dessa forma, o consumidor tem a certeza de que a equipe que está cuidando do seu veículo é capacitada para executar as tarefas.

8: Parcerias

As parcerias são uma grande oportunidade para vender mais na oficina.

Montar parcerias é uma boa medida para vender mais na oficina. Esteja inserido em grupos que utilizam o tipo de serviço que você oferece. Taxistas, por exemplo, necessitam de um número considerável de serviços automotivos. Logo, uma parceria com o sindicato dos taxistas, cooperativas ou grupos de motoristas pode ser uma estratégia lucrativa.

Esse tipo de parceria também oferece benefícios indiretos. Como a necessidade desse tipo de atendimento no setor é muito alta, bons trabalhos são divulgados para muito mais pessoas. É possível, até mesmo, que o taxista traga seu carro particular para algum reparo. Afinal, já conhece sua oficina e confia na qualidade do seu serviço.

9: Preços

Para vender mais na oficina, os seus preços precisam ser competitivos.

Pode ser contra intuitivo, mas acredite: para vender mais na oficina é melhor ganhar no volume do que de uma vez só. Com preços atrativos, você certamente vai conquistar mais clientes ou mais serviços com o mesmo cliente. Se cobrar muito por um único trabalho, provavelmente você ganhará apenas aquele serviço, além de ficar com má fama.

O valor cobrado deve suprir os custos daquela tarefa e ter um percentual de lucro satisfatório, mas não abusivo. Dessa forma o cliente ficará satisfeito e irá se sentir confiante ao contratar sua oficina para solucionar problemas futuros.

Se você optar por fazer o contrário o cliente tende a se sentir explorado e a criar uma imagem negativa da empresa. Assim, além de não voltar e não fazer recomendações, é possível até mesmo que ele poste reclamações na internet, afetando muito sua marca.

10: Atendimento ao cliente

Um dos maiores diferenciais para vender mais na oficina é o atendimento ao cliente.

O número de oficinas que perdem clientes devido a um atendimento ruim, infelizmente é muito grande. Não é preciso ir muito longe, nem bajular demais. Apenas ser educado, solícito e paciente com seus clientes já faz toda a diferença.

Esse cuidado fará com que eles sintam-se parte do processo e adquiram confiança no trabalho prestado pela oficina.

É importante também cuidar para que as conversas entre os funcionários não tenham caráter ofensivo, tornando o ambiente desagradável para mulheres, idosos e crianças. Afinal, você não quer afastar mais da metade dos seus clientes em potencial. Certifique-se de que todos se sintam confortáveis em sua loja.

Um ambiente limpo e organizado também traz credibilidade. Além disso, alguns “mimos” podem ser oferecidos para melhorar ainda mais a experiência do cliente. Servir um café e disponibilizar uma rede wifi, por exemplo, não custa tanto e podem ser fatores muito positivos. Atender bem o seu cliente vai diferenciá-lo da concorrência.

Cuide para não confundir educação com bajulação. Elogiar demasiadamente ou fazer comentários desnecessários pode gerar desconfiança e desconforto aos clientes.

Com o cliente satisfeito, abre-se oportunidade para vender mais na oficina. Não deixe de identificar outros serviços necessários ao realizar o primeiro trabalho. Mas atenção: não estamos falando em criar problemas que não existem. No entanto, como está em constante uso, um carro sempre apresenta algum tipo de reparo em potencial.

Deixar um cartão ou telefone de contato para revisões futuras pode ser uma boa estratégia não invasiva. Não deixe de informar o cliente dos serviços que precisam ser feitos, mas cuidado para não parecer que você está tentando forçar a venda.

Conclusão

É possível vender mais na oficina, apenas utilizando técnicas simples e trazendo hábitos melhores para o ambiente de trabalho.

Com esse artigo, você descobriu 10 práticas incríveis para  ajudá-lo a aumentar os lucros. Deu para ver que existem muitas formas de alcançar as metas e vender mais na oficina, não é? Incorporar todas essas dicas no dia a dia da sua loja vai gerar resultados ainda mais satisfatórios, já que elas se complementam muito bem!

Se quiser outras dicas para vender mais na oficina e sair na frente da concorrência, leia também esses outros posts no blog:

E você? Quais são as suas estratégias para criar diferenciais para o seu negócio e vender mais na oficina? Deixe sua opinião sobre o assunto nos comentários, e aproveite para perguntar se ficou com alguma dúvida.

Veja também o e-book guia de sucesso para serviços automotivos. Ele é bem completo e vai te ajudar ainda mais.

 

sucesso para serviços automotivos

 

Especialista Técnico formado pela Universidade Metodista de Piracicaba em Engenharia Industrial Mecânica, Pós Graduado em Marketing. Com mais de 22 anos de experiência no setor de Petróleo, sendo 9 anos na área de vendas de lubrificantes industriais e automotivos, e os demais na área de suporte técnico e desenvolvimento de lubrificantes para mercado brasileiro.

6 comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *