Telemetria: inovação para revolucionar a gestão de frota

Você busca por soluções práticas, que auxiliem na gestão e controle da frota, ao mesmo tempo que reduz custos e ainda traz mais segurança para seus motoristas? Conheça a telemetria.

Houve um período  em que a única companheira de um caminhoneiro era a estrada. Mas o tempo passou, a tecnologia evoluiu e os motoristas agora contam com a companhia e a segurança da telemetria.

É uma tecnologia que oferece suporte e segurança aos motoristas, aos gestores de frotas e gerentes operacionais. Agora é possível acessar em tempo real informações sobre  o veículo,  a rota utilizada,  a integridade da carga e do motorista.

Nesse post, iremos explicar exatamente o que é a telemetria, como ela funciona e de que maneiras ela pode auxiliar o motorista e o gestor da  frota.

Qualquer dúvida que você tiver, não deixe de nos perguntar nos comentários. Boa leitura!

Você conhece a telemetria? Entenda o que é, seu conceito e como ela auxilia na gestão da frota

Nascida dentro dos boxes de Fórmula 1, a telemetria está associada, dentro dos setores de logística de transportes, a sistemas sem fio de transmissão e recepção de dados acerca do veículo.

Quando integrada à gestão da frota, cada veículo é configurado com um computador de bordo integrado ao motor, pneus e outros  pontos importantes  do veículo.

Esse computador de bordo envia, em tempo real, todas as informações para uma central de monitoramento, que passa a ter acesso a dados e métricas precisas do veículo.

Consumo de combustível, excesso de velocidade, inúmeras informações relacionadas ao veículo  podem ser monitorados através da telemetria, através de relatórios de desempenho, estabelecidos de acordo com a necessidade do gestor.

Com ela, é possível calcular de modo preciso os custos e gastos de manutenções preventivas programadas, além de dados acerca da vida útil e desgaste de diversos elementos do veículo.

Como funciona a telemetria veicular

A telemetria é tradicionalmente conhecida por ser uma tecnologia livre de fios e conexões físicas.

Na telemetria automotiva, sua forma de transmissão mais comum é um sistema de rádio, capaz de enviar dados.

Atualmente, a telemetria já utiliza outras plataformas de transmissão de dados, semelhantes às utilizadas pela telefonia móvel.

Também é possível transmitir dados de telemetria por meio digital através de satélites, tornando ainda mais preciso o acompanhamento e a transmissão das informações do veículo.

As inúmeras vantagens da telemetria na gestão de frotas

No geral, a telemetria encontrou boa aceitação no mercado logístico brasileiro. É cada vez maior o número de empresas que adotam a tecnologia, buscando novos resultados e a redução de custos de manutenção.

Mas ainda existe certo preconceito e desconfiança com relação à telemetria, principalmente entre os motoristas.

Diversas vezes, ela é mal vista por alguns que acreditam que a mesma serve para monitorar o que eles fazem. Chegam a pensar que a tecnologia é uma invasão de privacidade.

Diferentemente do que pensam alguns motoristas, o objetivo da telemetria é fornecer dados precisos sobre o veículo, para que as manutenções sejam realizadas com rapidez e precisão, diminuindo o tempo em que os carros passarão dentro da oficina.

Além disso, a telemetria também permite rastrear o veículo. Assim, é possível manter um controle preciso das melhores rotas utilizadas. Elas podem ser estudadas e planejadas antes de cada viagem, e acompanhadas em tempo real.

Isso traz um significativo aumento de produtividade, pois evita trajetos desnecessários. Também é possível pré-estabelecer paradas e pontos de controle estratégicos para o motorista, durante a viagem.

Com o rastreamento, é possível detectar possíveis roubos de carga ou do veículo, sequestros ou assaltos. Isso traz mais segurança para o próprio motorista e para a empresa.

Também é possível acompanhar o consumo de combustível de cada carro e identificar os fatores responsáveis por possível  aumento de consumo.

Reduzir custos operacionais inclui levar em conta quais produtos utilizar para o bom funcionamento dos veículos de sua frota.

dicas para reduzir consumo de combustivel

Um dos principais dados que a telemetria pode entregar sobre o motor é o seu desempenho a partir do tipo de óleo lubrificante escolhido para o veículo.

Nem todo óleo para motor diesel no mercado vai garantir o desempenho e proteção adequados ao motor. O que pode gerar custos de manutenção corretiva no futuro, com paradas não programadas.

Saber escolher o melhor e mais efetivo tipo de óleo lubrificante para sua frota é uma importante decisão estratégica dentro da gestão de frotas. E essa escolha pode ser baseada em dados e informações precisas, oferecidas pela telemetria.

Através de testes comparativos em estradas reais e o cruzamento de dados telemétricos, a linha de Lubrificantes Ursa Texaco, por exemplo, apresentou ótimos resultados, se comparados a outros lubrificantes do mercado.

A telemetria pode comprovar a qualidade e eficiência da linha Ursa Texaco. Conheça a linha completa de produtos aqui.

Conclusão

A telemetria já é indispensável para uma gestão de frota eficiente. Não somente grandes empresas já adotaram o sistema, mas pequenas e médias frotas já contam com o serviço.

É possível reduzir custos  e ter um controle mais eficiente dos gastos utilizando a telemetria como ferramenta em cada um dos veículos da frota.

Com a telemetria, é possível observar cada detalhe dentro dos custos operacionais da frota. Além de utilizá-la para determinar manutenções preventivas e periódicas.

Fazendo uso desse tipo de manutenção, é possível reduzir despesas extras  com serviços corretivos. Isso melhora o  lucro pois os  veículos ficam menos tempo parados na oficina.

Quer outras dicas para uma melhor gestão de frota? Em nosso blog, você encontra mais conteúdos que podem te ajudar. Confira!

Além de todos estes benefícios, a telemetria traz mais segurança pro motorista e pra equipe de gestão da frota.

Gestão eficiente e pontual, redução de custos e otimização de rotas, a segurança de um serviço confiável. Considere a adoção da telemetria hoje mesmo.

Ficou com alguma dúvida a respeito da telemetria? Tem alguma experiência com o uso da tecnologia? Conta pra gente nos comentários abaixo!

Redução de custos operacionais

Especialista Técnico formado pela Universidade Metodista de Piracicaba em Engenharia Industrial Mecânica, Pós Graduado em Marketing. Com mais de 22 anos de experiência no setor de Petróleo, sendo 9 anos na área de vendas de lubrificantes industriais e automotivos, e os demais na área de suporte técnico e desenvolvimento de lubrificantes para mercado brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *