Preço de lubrificantes automotivos: é só isso que importa para sua frota?

Gerir uma frota não é fácil e são diversos os pontos a serem considerados antes de tomar qualquer decisão. Quando o assunto é preço de lubrificantes automotivos, você não pode levar em consideração somente o valor de aquisição .

Cada um dos produtos vendidos no mercado possui diferentes características que irão conferir mais ou menos ganhos à sua frota. Para elucidar o tema e conseguir fazer a escolha certa, é só continuar acompanhando o texto. Confira!

Tipos de óleos lubrificantes

Primeiramente, é essencial saber a diferença básica entre eles. De acordo com a composição eles são caracterizados de maneira diferente. No mercado é possível encontrar, por exemplo:

  • óleo lubrificante mineral;
  • óleo lubrificante semissintético;
  • óleo lubrificante sintético.

Os óleos para motor são uma combinação balanceada de óleos básicos – mineral, sintético ou semissintético – e aditivos. O tipo de óleo básico utilizado irá determinar qual será o tipo do óleo lubrificante.

Óleos lubrificantes são considerados semissintéticos quando tem pelo menos 10% de óleos básicos sintéticos em sua composição.

Em geral os óleos de motor SAE 15W-40 são minerais. Já os óleos SAE 10W-40 e SAE 10W-30 na sua grande maioria são semissintéticos . Os óleos SAE 5W-30, por sua vez, podem ser semissintéticos ou sintéticos.

comprar ursa

Classificações de Desempenho

As classificações de desempenho ajudam os consumidores e pessoas que se relacionam com o tema a entender a “hierarquia” dos produtos.  

A classificação de desempenho para óleos de motor mais conhecida é a API e as especificações atualmente vigentes são API CH-4, API CI-4, API CJ-4 e API CK-4.

O mais importante é entender este exemplo : Se um fabricante requer um uso de um óleo API CI-4 em seu manual , um óleo API CJ-4 pode ser utilizado. Mas o inverso não é verdadeiro.

Viscosidade: uma propriedade determinante

Além do preço de lubrificantes automotivos, também devem ser analisados os níveis de fluidez destes produtos a determinadas temperaturas. A viscosidade é justamente a propriedade que mensura e delimita esses níveis.

Isso é muito importante, pois a recomendação de viscosidade pode variar entre diferentes fabricantes e diferentes tipos de motor. Alguns necessitam de óleos mais “viscosos” e outros mais “finos”. Isso varia muito e por isso as montadoras indicam nos manuais de proprietários qual a viscosidade mais indicada para cada modelo de veículo.

É imprescindível utilizar o óleo lubrificante correto para garantir a máxima performance dos veículos. Alguns produtos de alta viscosidade podem parecer uma boa alternativa para reduzir a reposição de óleo no curto prazo. Entretanto, podem não ser adequados ao perfil dos veículos utilizados na sua frota e podem trazer problemas sérios de espessamento e oxidação do óleo, que por sua vez podem provocar falhas catastróficas nos motores no médio e longo prazo.

Máximo de durabilidade

A lubrificação adequada do motor proporciona a máxima durabilidade ao mesmo. Para isso, porém, é necessário levar em conta não somente preço de lubrificantes automotivos, mas também todas as suas propriedades.

A viscosidade certa, o tipo de óleo básico mais adequado e a qualidade dos aditivos empregados definem se o óleo motor irá proporcionar o máximo de durabilidade e garantir o menor custo de operação do veículo.

Uma lubrificação ineficiente degrada rapidamente as partes móveis do motor, gerando mais gastos com manutenção e reduzindo a disponibilidade da frota, o que aumenta o custo total de operação da frota.

Portanto, não vale a pena pensar somente no preço de aquisição inicial, mas sim em todos benefícios de redução de custos que um óleo lubrificante pode trazer.

Economia de combustível

Dentre as melhorias que óleos para motor podem trazer está a economia de combustível. Por exemplo: o uso de óleos para motor diesel SAE 10W30 e SAE 5W30 podem reduzir o consumo de óleo diesel.

Isso impacta diretamente o planejamento financeiro das empresas, que além de economizar com manutenção, também economizam com o abastecimento dos seus veículos.

calculadora ursa

Motor limpo

Dentre outros motivos para não avaliar somente o preço de lubrificantes automotivos, está a capacidade de limpeza que cada produto proporciona.

Óleos mais robustos minimizam a formação de borra, mantendo o motor limpo e funcionando de forma eficiente por longos períodos

Conclusão

O preço dos lubrificantes automotivos é sim um fator a ser considerado. Contudo, não deve ser a única variável desta equação.

Se você busca por melhorias, tanto de performance quanto financeira, é necessário buscar aquele óleo que não somente atenda às demandas técnicas da sua frota, mas que principalmente minimize o custo total operação da sua empresa.

Guia de produtos URSA

Especialista Técnico formado pela Universidade Metodista de Piracicaba em Engenharia Industrial Mecânica, Pós Graduado em Marketing. Com mais de 22 anos de experiência no setor de Petróleo, sendo 9 anos na área de vendas de lubrificantes industriais e automotivos, e os demais na área de suporte técnico e desenvolvimento de lubrificantes para mercado brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *