Inspeção de frota: 5 razões para realizar antes e depois de viagens

Fazer a inspeção de frota é um cuidado imprescindível para garantir a segurança da sua equipe, a vida útil dos veículos e, claro, evitar gastos desnecessários com manutenções corretivas, prevendo, inclusive, possíveis substituições de peças ou reparos.

Mas não é só isso! Manter a manutenção dos veículos da sua empresa é uma determinação dos órgãos que regulamentam o setor de transporte.

Para que você entenda essa rotina de revisão, neste artigo, vamos falar sobre a importância das inspeções de forma programada antes e depois das viagens.


Por que a inspeção de frota deve ser realizada?

Para que a sua empresa tenha uma gestão de frota eficiente, é importante que sejam estabelecidas rotinas de manutenção de maneira criteriosa.

Esse procedimento contínuo vai garantir que você saiba, com exatidão, se o veículo tem condições de entrar em atividade, seja em um trajeto mais curto ou mais longo.

A falta desses processos pode acarretar uma série de problemas, tais como:

  • Atraso em entregas de mercadorias, por conta de problemas técnicos;
  • Acidentes graves, colocando em risco a vida do seu condutor ou de outros motoristas e passageiros;
  • Tempo de serviço perdido, ocasionando em prejuízos;
  • Diminuição na vida útil do veículo;
  • Falhas mecânicas;
  • Gastos imprevistos com troca de peças e manutenção corretiva.

Os esforços irão garantir que os custos com a manutenção corretiva, e até preventiva, sejam reduzidos, tornando os processos internos ainda mais padronizados e otimizados.

Aliás, enquanto gestor de frota, outra vantagem é que você saberá exatamente sobre o desempenho de cada veículo do seu pátio.

Somado a todos esses benefícios, sua equipe de condutores também será muito mais consciente e preocupada em garantir que a frota de veículos pesados esteja em perfeitas condições, já que o setor mantém padrões bem rígidos em relação à conservação dos veículos. 

5 razões para realizar vistorias na frota

Uma frota em dia garantirá diversos benefícios tanto para a empresa quanto para os próprios condutores, em vários aspectos.

Por exemplo, podemos apontar que a gestão de frota melhora a administração de suprimentos do setor, evitando a compra de produtos ou equipamentos desnecessários naquele momento.

Já para os condutores, que também são os grandes interessados, a vantagem é a confiabilidade nos veículos e a segurança durante as viagens.

Além disso, uma frota em bom estado evita problemas mecânicos, panes elétricas ou acidentes nas estradas por conta de alguma dessas falhas, como um motor fundido, por exemplo, que poderiam ter sido previstas.

Então, confira as 5 razões para manter inspeções rotineiras nos seus veículos pesados:

1: Segurança para o condutor do veículo

A segurança dos condutores da sua empresa está entre as principais razões para que você, enquanto gestor, implemente o mais rápido possível uma rotina de manutenção de frota, principalmente no que tange às revisões preventivas.

Isso porque um veículo em más condições pode trazer problemas durante o trajeto, sejam estes mais simples como um pneu furado, por exemplo, ou até um acidente mais grave, como já foi dito anteriormente.
Além disso, um veículo parado é capaz de proporcionar graves prejuízos ao seu caixa. Quanto mais tempo o caminhão ficar parado, mais ele irá acumular custos para a sua empresa. Tempo ocioso não gera receita!

2: Diminui o risco de problemas com o veículo na estrada

De acordo com uma pesquisa feita por concessionárias que operam em rodovias de todo país, a pane mecânica está entre os problemas mais comuns enfrentados por motoristas nas rodovias.

Inclusive, o dado refere-se a veículos mais leves ou caminhões. E não pense que os defeitos apresentados pelos carros são frutos de problemas muito graves. Nada disso!

Para você ter ideia da falta de cuidado com inspeções veiculares, as principais falhas mecânicas são apresentadas em motores, freios e também nos pneus confira nosso artigo sobre como aumentar a vida útil os pneus. Ou seja, itens básicos que precisam ser verificados antes de pegar a estrada.

Listamos mais abaixo o tempo ideal para a verificação desses itens, não deixe de ler e mantenha a sua frota em atividade!

3: Reduz os gastos com a manutenção corretiva

Além de garantir a segurança do seu condutor e o cumprimento de prazos para seus clientes, ou para a própria empresa, manter uma rotina de organização de frota possibilita uma redução dos gastos com manutenção corretiva.

Quanto mais uma rotina de cuidados com os veículos for mantida, menos serão os procedimentos para corrigir falhas técnicas da sua frota, seja por falta de manutenção, por acidentes ou danos causados pela má conservação das estradas.

A verdade é que manutenções corretivas devem ser evitadas, sendo realizadas apenas em situações emergenciais ou por falhas inesperadas.

Ao utilizar sistemas de informação, você poderá acompanhar os desgastes das peças e equipamentos, através de informações mais precisas.

4: Redução do consumo de combustível da frota e outros produtos

Nos últimos anos, o Brasil vem vivendo uma alta significativa nos preços dos combustíveis, que representam um custo a mais no orçamento das empresas do setor de transporte.

Por conta desses fatores e do amplo gasto com produtos voltados para o seu veículo, é fundamental manter as finanças saudáveis, criando mecanismos capazes de reduzir o consumo da frota.

Saiba que uma das formas mais eficientes para diminuir essas despesas é garantir a regularidade da inspeção de frota, prezando pela qualidade e eficiência das revisões dos veículos.

Além disso, é importante contar com profissionais qualificados e especializados em diferentes tipos de veículos, garantindo uma maior confiança em qualquer tipo manutenção.


5: Garantia de durabilidade da sua frota

Aumentar a vida útil da frota de veículos pesados é o desejo da maioria dos gestores das empresas de transporte. Mas, ao contrário do que você possa pensar, esse objetivo pode ser alcançado por meio de um processo de inspeção contínuo e eficiente.

Ao manter uma rotina de manutenções consistentes e utilizando produtos de boa qualidade, certamente, você conseguirá ampliar a durabilidade dos veículos, aumentando, inclusive, o prazo de renovação das frotas, o que gera ainda mais economia para a empresa.

 

Inspeção de frota é rotina obrigatória!

Como um bom gestor de frotas, certamente você já deve saber que criar uma rotina de autofiscalização da correta manutenção dos carros pesados tem como base a Portaria nº 85 de 17/10/1996.

Regulamentada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), a Portaria estabelece um nível considerado permitido para a emissão de fumaça preta, além de outros padrões estabelecidos.

Para ter acesso ao conteúdo na íntegra, acesse o arquivo oficial! As informações são densas e precisam de análise como um conjunto.

Além disso, a equipe de fiscalização órgão também é responsável pela inspeção junto às garagens das empresas, no sentido de garantir que as determinações sejam cumpridas de maneira correta.

Para que você entenda, a cor preta e o odor forte da fumaça ocorrem devido a desregulagem do motor, que pode estar em alta temperatura ou com escassez de ar para realizar o processo de combustão.

Isso ocasiona em falhas na queima, maior consumo de combustível e danos aos sistemas internos, sem contar que diminui a vida útil do veículo, deixando-o desgastado e aumentando os gastos.

Além disso, a fumaça preta é altamente tóxica, prejudicando o planeta. Uma das principais providências a serem tomadas é verificar a qualidade do diesel utilizado. Na hora de escolher o produto, preze sempre pela confiança. 

Ao fazer escolhas certas para o seu veículo, fica mais fácil manter a qualidade do serviço prestado e evitar paradas desprogramadas, que causam prejuízo, seja na falta de circulação, bem como na necessidade de manutenções que estavam fora do orçamento.

Pensando em ajudar no ganho da parada programada, a Texaco desenvolveu a Calculadora de Produtividade e Economia! Assim:

  • Você tem uma ferramenta eficiente de gerenciamento de frotas, que irá auxiliar na tomada de decisões sobre a frota;
  • Você irá descobrir o ganho de produtividade da sua frota e a economia anual em lubrificantes, filtros e mão de obra ao utilizar a linha de óleos lubrificantes Ursa.

 

Então, quando a revisão dos veículos deve acontecer? 

O ideal é que o trabalho de vistoria seja realizado com certa antecedência antes das viagens, visto que pode existir a necessidade de alteração de peças ou outros itens que poderão atrasar a programação. 

Porém, isso não extingue uma nova inspeção ao retornar, para verificação de possíveis danos ocasionados pelo trajeto e/ou desgaste do veículo.

Além disso, a rotina também exige revisões mais frequentes, principalmente quando falamos em:  

  • Óleo do motor:
    1 vez por semana, no mínimo, para que seja evitada qualquer possibilidade do motor fundir.

    Esse é um assunto muito importante e o abordaremos mais abaixo. Afinal, você precisa conhecer a linha de lubrificantes da Texaco!

    Através da utilização de produtos de confiança e com qualidade comprovada, as trocas de óleo tendem a ser mais espaçadas, além de garantir uma maior preservação do motor, mantendo-o sempre protegido.
  • Freios:
    A cada 15 mil quilômetros, para que qualquer acidente possa ser evitado.
  • Pneus:
    Sempre antes das viagens, pois podem gerar acidentes e multas.
  • Quinta roda:
    1 vez por semana, no mínimo, ou a cada 5 mil quilômetros; pois é um item imprescindível no veículo e também evita acidentes.
  • Sistema elétrico:
    Antes de cada viagem e, caso apresente qualquer pequeno defeito, providencie uma manutenção imediata; pois pode provocar incêndio.

 

Quando o caminhão deve ser revisado?

Os caminhões conduzem cargas muito pesadas e também passam muito tempo nas estradas. Por conta disso, eles acabam sofrendo desgastes bem mais significativos em seus componentes.

Para que as revisões sejam realizadas, de uma forma geral, o manual do fabricante é o responsável pelo número de quilômetros que o veículo pode percorrer até a realização das manutenções.

Ao fazer as revisões, verifique os seguintes itens:

  • Eixo traseiro;
  • Caixa de câmbio;
  • Cubos das rodas;
  • Alinhamento;
  • Balanceamento; 
  • Filtros;
  • Troca de óleo. 

Faça a inspeção em locais de confiança e com credibilidade no mercado

De nada adianta manter todos esses cuidados se a inspeção da frota não ocorrer em um estabelecimento de confiança e que ofereça produtos de qualidade.

Além de tudo o que já foi citado, contar com o auxílio de locais de credibilidade no mercado tornaram as inspeções ainda melhores e mais confiáveis.

Lembre-se! Durante as rotinas de revisões, exija produtos de qualidade. Exija lubrificantes da Texaco.

A linha de Lubrificantes Ursa® Texaco é desenvolvida com a mais alta tecnologia, para garantir o melhor desempenho dos motores a diesel, levando mais qualidade e alta performance para a frota de veículos pesados. Mas não é só isso! A linha da Texaco atende às normas ISO 9001/QS 9000.

Ao escolher os óleos da Linha Ursa®, você aumentará o intervalo entre uma troca e outra, uma vez que auxiliam na conservação do motor.

Além disso, os lubrificantes Texaco geram ainda mais economia em componentes como filtros, peças e lubrificantes. Não podemos deixar de citar um dos nossos sucessos de vendas, o Ursa Premium TDX SAE 15W40.

Trata-se de um óleo lubrificante mineral para motores a diesel, formulado com a tecnologia ISOSYN, que reúne óleos básicos Premium Grupo II e aditivos de alta performance. E é claro que essa combinação só poderia trazer benefícios incríveis para o motor! Veja alguns a seguir:

  • Maximização da dispersão de fuligem;
  • Redução da formação de borras no motor;
  • Aumento da durabilidade do motor; 
  • Maior intervalo de troca de óleo da categoria!

São muitos benefícios, concorda? Escolha a linha Ursa para a sua frota hoje mesmo!

Conclusão

Para manter a vida útil da frota de veículos, reduzir gastos com manutenções corretivas e garantir a segurança do condutor na estrada, é fundamental que você estabeleça uma rotina de inspeção de frota rigorosa.

Esse processo somente é eficiente quando você implanta processos, mantém a periodicidade e critérios para determinar se o veículo tem ou não condições de trafegar.

Utilize programas, planilhas e tudo aquilo que auxilie para que esses procedimentos se tornem regras no seu setor.

Ao manter as inspeções de todos os veículos em dia, você certamente verá o resultado do seu trabalho em pouco tempo, como a redução de gastos e o cumprimento de prazos pré-determinados para entregas, por exemplo.

Outro ponto importante: mantenha-se atualizado com as tendências e novidades do mercado, pois, certamente, elas irão te auxiliar nos processos de inspeção e outros assuntos relevantes para o seu segmento.

No nosso blog, você encontra muitos artigos que tratam de manutenção corretiva, inspeção de frotas e manutenção preventiva.

Tem alguma experiência sobre inspeções de veículos pesados? Comente e compartilhe este artigo.

Esperamos que nossas dicas tenham sido úteis para a sua rotina de trabalho e gestão, mas não paramos por aqui! Abaixo você encontra um guia completo para te auxiliar na redução dos custos da sua empresa. O material é gratuito!



O que abordamos neste artigo:

  • Por que a inspeção de frota deve ser realizada;
  • Inspeção de frota é rotina obrigatória;
  • 5 razões para realizar a inspeção de frota;
  • Segurança para o condutor do veículo;
  • Diminuição do risco de problemas com o veículo na estrada;
  • Redução dos gastos com a manutenção corretiva;
  • Redução do consumo de combustível da frota;
  • Garantia de durabilidade da sua frota;
  • Quando a inspeção de frota deve acontecer;
  • Quando o caminhão deve ser revisado;
  • Realização da inspeção em locais de confiança e com credibilidade no mercado.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *