Viscosidade do óleo: o que é e por que é importante?

SAE 5W-30, 10W-30, 15W-40. Essa numeração encontrada na embalagem dos óleos lubrificantes representa a viscosidade de cada produto. No entanto, não é todo mundo que consegue entender para que serve essa classificação: o que significam os números? E a letra “W”? E a sigla “SAE”?

É para responder essas perguntas que escrevemos esse post. Continue lendo e tire todas as suas dúvidas sobre o que é viscosidade do óleo lubrificante.

O que é viscosidade?

A viscosidade do óleo é uma das características mais importantes a se considerar na hora de escolher o melhor óleo lubrificante para o carro do cliente. Ela representa a fluidez que o óleo apresenta sob determinada temperatura. Nesse sentido os óleos mais viscosos são mais grossos, enquanto os menos viscosos são mais fluidos.

Na prática, a viscosidade funciona como uma faca de dois gumes: o produto tem que ser viscoso o suficiente para criar uma película protetora entre as partes do motor, mas não pode ser tão grosso a ponto de oferecer muita resistência ao movimento das peças.

A questão é que óleos lubrificantes mais viscosos exigem mais força para serem bombeados e fluem mais lentamente pelo motor. Os menos viscosos circulam com mais facilidade, permitindo uma lubrificação mais rápida e que alcança cada centímetro das peças. Essa excelente fluidez faz com que nenhuma parte se desgaste mais do que outra, diminuindo a necessidade de pequenas manutenções.

O que é SAE

SAE é uma sigla para a organização americana Society of Automotive Engineers ou Sociedade dos Engenheiros Automotivos. Essa instituição criou o parâmetro SAE para padronizar e classificar o grau de viscosidade dos óleos lubrificantes.

Multiviscosidade

Contudo, a indústria petroquímica teve muitos avanços tecnológicos nos últimos anos e conseguiu desenvolver óleos de qualidade gradativamente superior. São lubrificantes que dão mais tempo de vida útil ao motor, formam menos borra e rendem mais.

Uma das propriedades que permitiu essa melhoria é a multiviscosidade. A grande maioria dos óleos produzidos atualmente são multiviscosos: isso quer dizer que eles são capazes de apresentar fluidez diferentes de acordo com a temperatura do motor.

Os lubrificantes que citamos na introdução desse texto são óleos multiviscosos. Vamos explicar para você não ter mais dúvidas sobre como funciona.

Peguemos o óleo 5W-30 como exemplo: o 5W representa a viscosidade que esse produto apresenta quando o motor está em temperatura ambiente, ou seja, mais fria que durante o funcionamento. Nessa situação, ele se comporta como um óleo muito fluido, o que é excelente para partidas.

Esse mesmo óleo funciona como uma viscosidade de 30 – mais viscoso – no momento em que o motor está quente. Isso é ótimo porque um óleo muito fluido queimaria muito rápido devido à temperatura e não conseguiria lubrificar as peças plenamente.

Como saber qual óleo é mais ou menos viscoso

Não é preciso abrir o óleo para testar o grau de viscosidade. Quanto maior for a numeração na embalagem, maior a viscosidade do óleo. Vamos comparar os óleos 5W-30 e 10W-30 para facilitar o entendimento.

O óleo 5W-30 é mais fluido que o 10W-30 sob temperatura ambiente. Entretanto, ambos apresentam a mesma viscosidade – 30 – quando o motor está quente.

Como escolher o óleo com a viscosidade do óleo ideal para o carro

Aqui não tem segredo: a melhor orientação possível é seguir o Manual do Proprietário do veículo. A questão é que cada carro fabricado no mundo é testado diversas vezes até que se encontre o óleo lubrificante com o melhor custo-benefício para o rendimento do respectivo motor. Logo, escolher o óleo recomendado é a melhor maneira de extrair todo o potencial do motor do carro.

Agora que você já sabe o que é viscosidade do óleo, quer tirar mais dúvidas sobre óleos lubrificantes? Continue acompanhando o nosso blog!

Guia Havoline Texaco

 

Especialista Técnico formado pela Universidade Metodista de Piracicaba em Engenharia Industrial Mecânica, Pós Graduado em Marketing. Com mais de 22 anos de experiência no setor de Petróleo, sendo 9 anos na área de vendas de lubrificantes industriais e automotivos, e os demais na área de suporte técnico e desenvolvimento de lubrificantes para mercado brasileiro.

214 comments

        • Anderson says:

          Bom dia meu no é Anderson tenho um uno sporting 1.4 fire evo 2012 qual o melhor óleo para ele, uns falam 5w30 sintético e outros falam 15w40 !

          • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

            Anderson bom dia,

            Essa informação está no manual do proprietário e para esse motor 1.4 é o produto de viscosidade SAE 15w-40.

        • Danilo says:

          Boa tarde! Tenho um uno way 1.4 costumava colocar 15w40 mais fui trocar hj , por estar com 27mil rodado fui orientado a colocar esse 5w40 e deixar o 15w40 para quando estiver com alta quilometragem isso procede?

          • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

            Danilo boa tarde,

            Faltou informar o ano de fabricação de seu UNO.

            Se for anterior a 2010 use o Havoline Semissintético SAE 15W-40 API SL e for superior use o Havoline Sintético SAE 5W-30 API SN.

      • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

        Antonio Carlos bom dia,

        Pode usar as duas viscosidades, preferencialmente a SAE 5W-30, não terá nenhum problemas, mas verifique também as outras características dos produtos como tipo de básico e classificação de desempenho.

  1. Muito boa a explicação sobre Multiviscosidade!
    A outra coisa, que parece básica, mas é uma ótima informação é sobre utilizar o óleo que o carro pede: certamente é a melhor forma de escolher o óleo certo.
    Vamos adicionar isso ao nosso site e citar esse artigo!
    Muito bom mesmo, obrigado!

  2. Sanches says:

    Bem bacana as explicações.
    O meu muito obrigado, sou entusiasta e gosto muito de mecânica automotiva.
    E informação técnica e primodial nessa área.
    Porque não adianta eu falar para um amigo que o óleo 5W30 é bom se eu não sei nem explicar oque é viscosidade.

  3. eduardo cardoso says:

    Adorei essas informacoes espero sempre ter ao meu lado as mais importantes informacoes dos modernos e diferentes tipos d lubrificantes

  4. altamir says:

    Não entendi, quando retiro o òleo quente do motor do meu carro, ele é mais fino que o óleo que novo que coloco. inclusive pelo manual, pede para que ao retirar o óleo do motor, este nao deve estar totalmente frio e com isso dificultar a retirada do óleo.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      A viscosidade de um óleo lubrificante é sempre medida a 40ºC e a 100ºC, em laboratório e o resultado é em cSt (Centistokes). No motor, o lubrificante trabalha em temperaturas superiores a 100ºC. No momento da drenagem ele estará menos viscoso (mais fino), comparado com a viscosidade do óleo na temperatura ambiente.”

      • Fernando says:

        boa tarde Delton ,

        no meu caso um celta 1,0 vhc preparado 92 cv , oleo 15w40 .

        motul 2100 performance SL – 14.4 mm²/s visc. e TBN 7,9 mgKOH/gr
        Valvoline Durablend SN – 14.5 mm2/s visc e TBN 8.7 mgKOH/gr
        Havoline semissintetico SL – 13.50 mm2/s e TBN 7,5 mgKOH/gr

        qual melhor para uso severo?

        obrigado.

        • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

          No caso de veículos preparados ou seja modificados da configuração original do fabricante, somente um estudo mais profundo poderia definir o óleo mais adequado.

          Temos também a opção do Ursa Premium TDX SAE 15W-40 API CI-4/SL

          Viscos 100°C = 14,5

          IV=138

          TBN=10,5

          Base Grupo II e conceito ISOSYN.

  5. Marcius Villela says:

    Boa noite! Tenho uma Honda New Civic 2008 Automático – a Honda sempre indicou o óleo 10w30 mineral conforme Manual. Agora a própria Honda indica o óleo 0w20 Sintético.
    A minha dúvida é devo seguir o que o fabricante fala pois no mínimo tinham que indicar o 10w30 conforme manual e Sintético né ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Marcius, você está correto! Até 2011 a Honda recomendava para seus veículos um óleo de viscosidade SAE 10W-30, mas a partir de 2012 ela mudou para uma viscosidade SAE 0W-20, você pode adotar as duas opções; continuar a utilizar o Havoline Semissintético SAE 10W-30 API SN e ou passar a utilizar o Havoline Sintético SAE 0W-20 API SN, mas sempre respeitando o intervalo de troca definido no manual do proprietário do seu veículo, ou seja, não é porque mudou de semissintético para sintético que poderá aumentar o período de troca.

      • DORVALINO TIGGES says:

        SOU LUBRIFICADOR DE VEICÚLOS AGORA FIQUEI NA DUVIDA SOBRE A PERGUNTA ACIMA, PELO MEUS CONHECIMENTO NÃO PODERIA USAR!!! 10W30 VOLTA PARA VISCOSIDADE 0W20 JÁ OUVE UM DESGASTE NESSE MOTOR, CONFORME QUILOMETRAGEM A TENDENSA É ENGROSSAR O ÓLEO ATÉ CHEGA 25W60 E DEPOIS RETIFICA/ SE EU TIVER ERRADO ME AJUDE PELO MEU EMAIL dorvalinotigges@hotmail.com

        • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

          Sr. Dorvalino,

          O espessamento do óleo lubrificante de motor geralmente se deve ao fato de não suportar as temperaturas operacionais, portanto devemos estar sempre atentos para a adequada escolha de um lubrificante, não somente com relação a viscosidade, mas quanto a Classificação de Desempenho API e Básicos Minerais, Base Semissintética ou Básico Sintético.

          A quilometragem avançada não implica em desgaste avançado do motor, se estiver usando um produto de qualidade superior ou mínima requerida pelo fabricante do motor e observância dos períodos de trocas de acordo de acordo com a utilização do veículo.
          Atualmente existe uma tendência na redução de viscosidade dos lubrificantes para motor objetivando alcançar os requisitos de emissões e econômica de combustível sem prejuízo ao desempenho e proteção contra o desgaste.

          • Alexandre says:

            Delton boa tarde!

            No seu comentário citou o lubrificante da havoline para o Honda Civic tanto o 10w30 como o 0w20, onde a Honda pede que seja usado o seu óleo Honda embora seja a Texaco fabricante de ambos!
            A minha dúvida é, pode ser usado qualquer 0w20 ( Mobil,havoline,bardall etc) no motor Honda?

          • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

            Alexandre, bom dia. Tudo bem?
            Em tese sim, você poderia, mas seguir a recomendação do fabricante Honda é uma garantia adicional de qualidade assegurada.
            Abraço!

  6. Paul Salzer says:

    Meriva ano 11/12 . A especificação de fabrica é 5w 30.agora com 56000 quilômetros troquei pelo 15 w 40. Semi sintético. Ainda está dentro da especificação?

      • Cleiton Francisco Pedro says:

        Muito bom esses comentários essas formas de explicação gostei mesmo ajuda bastante na hora de escolher o lubrificante
        Boa tarde Dalton a seguinte pergunta seria um lubrificante especial ou parar transmissão automática muda de um transmissão para outra no caso dos quatro por quatro passageiros

        • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

          Olá, Cleiton! Óleos lubrificantes para Transmissão Automáticas devem atender as especificações dos fabricantes que descrevem as principais demandas e necessidades de lubrificação. Em suma, a escolha de um óleo lubrificante para transmissão automática é complexa, e depende da marca e modelo dessa Transmissão. Consulte sempre o Manual do veículo, essa informação deve estar lá.

      • Pascoal Luis says:

        Boa tarde caríssimos, eu tenho uma viatura de marca Hyundai Santa Fé, QUE A QUILOMETRAGEM JÁ ESTA NOS 77000. Pretendo trocar o meu óleo 5W-30, para o 15W-40.

        Digam-me se é possível ou recomendado fazer isso Sr. Delton?

        • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

          Sr. Pascoal, boa tarde! Não recomendo aumentar o grau de viscosidade, continue usando o produto de viscosidade SAE 5W-30 até o fim da vida útil desse seu motor. Grande abraço!

  7. Eduardo says:

    Boa tarde Delton,algumas dúvidas a saber:
    1-pelo artigo quando se diz 5w30 teria a 40ºC 5cSt e a 100ºC 30cSt?
    2-Geralmente um óleo puro sem aditivos a curva viscosidadeXtemperatura é decrescente,no caso dos multiviscosos aditivados esta curva se inverte,ou seja,viscosidade aumenta com a temp. mas após 100ºC voltaria a cair?
    Desculpe pela extensão das dúvidas e agradeço antecipadamente pela resposta!

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Eduardo,
      O que aparece nos rótulos das embalagens é o grau de viscosidade SAE 5W-30 e para saber qual é a viscosidade do produto é necessário olhar na Tabela SAE J 300 de viscosidade para óleo de motor e/ou encontrar essa informação no folheto descritivo do produto no quadro de características típicas abaixo:

      O exemplo acima refere-se ao produto Havoline Sintético PRO DS SAE 5W-30.

      A viscosidade cinemática é medida em duas temperaturas padrões, 40ºC é 64,0 cSt  e a 100ºC é 11,0 cSt  (Centistokes).
      Note que comportamento da viscosidade é sempre diminuir quando a temperatura aumenta, geralmente essa queda pode ser menor se o produto possuir uma propriedade de alto índice de viscosidade (IV >100), nesse caso o IV é 160, característica de um óleo de motor multiviscoso de alto IV.  

      • Luiz Gustavo says:

        Se a viscosidade diminui com o aumento da temperatura por que o número após o W é maior? Por exemplo 5w30, se ele é mais viscoso frio o primeiro número deveria ser maior, não?

        • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

          Luiz Gustavo, tudo certo? Seguindo seu exemplo um óleo SAE 5W-30 é um óleo multiviscoso e esses números não correspondem a viscosidade do óleo e sim ao grau de viscosidade. Vamos exemplificar:
          SAE 5W-30 possui a seguinte viscosidade típica:
          Viscosidade a 40ºC = 62,5 cSt = 5W
          Viscosidade a 100ºC = 10,29 cSt = 30

  8. Estefano says:

    Bom dia, Delton.
    Minha esposa tem um Punto 2013 que passou há poucos dias por um mecânico indicado pelo irmão dela para alguns reparos básicos. Uma das coisas feitas foi, segundo fui informado, a troca de óleo e filtro. Só que o óleo adequado é o sintetico 5w30, me corrija se estou enganado, com prazo de troca de até 15000km.
    Achei estranho o mecânico ter colado etuqueta com descrição do óleo como selenia mas sem a nomenclatura 5w30 e, pior, colocou a validade de 5000km.
    Como posso saber qual óleo foi utilizado, exatamente, sem ter de recorrer à boa fé na palavra dele? E quais danos o óleo errado pode causar no motor, caso continue rodando com ele? Acredito que tenha usado o 20w50 ou 15w40, que parecem ser os óleos que todos os mecânicos usam para todos os carros. Obrigado pela ajuda.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Estefano,
      O produto correto para o Punto 2013 é realmente um óleo Sintético SAE 5W-30 API SN, quanto ao período de troca é necessário saber qual é o regime operacional desse veículo, como ele é utilizado no dia a dia . Essas informações bem como a quilometragem de troca do óleo está associada ao regime operacional e encontra-se no Manual do Proprietário do veículo. Para saber se o produto utilizado é o correto, somente através de uma análise de óleo em laboratório e de preferência no fabricante do produto de marca Selenia que o mecânico diz ter colocado.

      Utilizar um óleo lubrificante errado pode causar vários problemas para o motor como o aumento de desgaste natural das peças, formação de borra e verniz, baixa de nível de óleo e danos ao funcionamento do motor. Vale reforçar que além da viscosidade do produto temos que verificar quais são os requisitos mínimos de desempenho API e outros requerimentos exigidos pelo fabricante do motor.

      Exija sempre o óleo correto, classificações superiores podem ser usadas, verifique o nível de óleo do motor semanalmente e faça o período de troca de acordo com o regime operacional de utilização do veículo, todas essas informações estão disponíveis no Manual do Proprietário.

  9. Luis Fernando says:

    O tempo de troca é independente da viscosidade do óleo? Sempre troquei de 10 em 10 mil km 10w40 3m uma oficina, na última troca levei em outra oficina e recomendaram o 5w30. Porém troca com 5 mil km. Carro é um C3 2014.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Luis Fernando,
      O período de troca do óleo de motor está associado ao regime operacional do veículo, ou seja como ele é utilizado no dia a dia, essas informações estão disponíveis no Manual do Proprietário.

      Verifique no manual em qual regime operacional você se enquadra, normal ou severo e adeque o período de troca do óleo, geralmente os lubrificantes sintéticos de classificação API SN mínimo, recomenda-se uma troca para os regimes considerados normais (10.000 km), já se for regime severo a quilometragem é reduzida (5.000 Km) , mas isso depende de cada marca e modelo de motor, sendo extremamente importante consultar o Manual do Proprietário na busca dessas informações.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Daniel o aumento da temperatura reduz a viscosidade do óleo, na temperatura ambiente ele é mais viscoso do que na temperatura operacional plena do motor. Essa característica da viscosidade possibilita obter lubrificantes mais finos tanto na baixa como na alta temperatura. Mas, embora mais finos, são muito mais resistentes. Ou seja, mantém a película de óleo necessária para evitar o atrito e desgaste.

  10. Fabio says:

    um motor que requer 5w30 depois de 100 mil km posso utilizar um 5w40, sendo assim não vou estar melhorando a viscosidade dele a quente criando uma pelicula mais resistente ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Fábio você não precisa alterar a viscosidade depois de uma certa quilometragem, é mito achar que aumentando a viscosidade, você melhora a lubrificação em motores mais rodados. Mantenha a mesma viscosidade requerida pelo fabricante do motor e troque o óleo sempre nos período de acordo com o seu regime operacional e não terá problemas com a vida útil desse motor.

  11. Lucas says:

    A Peugeot recomenda lubrificantes diferentes para o 308 1.6 e 2.0 sendo recomendado o 5w30 sint. e 10w40 semi sint, respectivamente. Mandei fazer uma troca de óleo e o frentista colocou o 5w30 no 308 2.0, é recomendado trocar?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Lucas boa tarde, os fabricantes franceses até o ano de 2010 recomendavam um óleo SAE 10W-40 Semissintético API SL ou SN, á partir de 2010 migraram para um óleo Sintético SAE 5W-30 API SN.
      Verifique o ano de seu veículo se for superior ao ano 2010, independente da cilindrada 1.6 ou 2.0, troque pelo óleo sintético SAE 5W-30 API SN.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Olá, Daniel! Todo óleo hidráulico é um óleo lubrificante, o Ursa LA-3 SAE 30 pode ser utilizado em transmissões, comandos finais e sistemas hidráulicos, onde requerido um óleo com a seguinte especificação: Allison C-4 (SAE 30)

  12. Ronald Andrade says:

    Melhor texto de todos !!!!!!

    Mas fiquei com uma duvida: no manual do meu carro ( BMW 328 1996 ) sugere para usar o óleo 10W40 , por exemplo , se eu colocar um 5W40 não protegeria mais ainda o motor ?

    Desde já agradeço.

    Ronald

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Ronald, boa tarde. Tudo bem?
      Sim, você está correto em optar por um óleo de viscosidade SAE 5W-40 no lugar de um SAE 10W-40. Um óleo 5W terá um melhor desempenho na lubrificação na partida a frio protegendo contra o desgaste e fluindo com maior rapidez do cárter até chegar a parte superior do motor, isso ajuda na lubrificação, evita desgaste e aumenta a durabilidade das peças.
      Abraço!

  13. Anderson Soares Araujo says:

    Meu nobre tenho uma L200 Triton(diesel) ano 11/12 no manual dela diz óleo 15w40, porém estou usando óleo 5w30 sintético, tem algum problema?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Anderson, boa tarde. Tudo bem?
      Usar um óleo de menor viscosidade é possível, mas é preciso verificar se este produto sintético SAE 5W-30 atende ao requerimento exigidos para motor diesel de seu veículo. Abraço!

  14. Joaquim Ferreira de Melo Neto says:

    Gostaria de saber como são determinados os números de especificação de um óleo. (5 W 30), (5 W 40),etc. O 5 , o 30 , o 40 , de onde vem ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Joaquim, boa tarde. Tudo bem?
      Esses números são relativos ao grau de viscosidade, e não a viscosidade do produto. Para saber qual é o valor da viscosidade 5w-30 é preciso consultar um Tabela da SAE J300 e descobrir a viscosidade do produto em centistokes a 40º e 100º graus.
      A escolha do grau de viscosidade mais adequada é calculada pelos fabricantes de motores em função de sua tecnologia de construção (folgas, pressões, temperaturas, materiais, etc). Abraço!

  15. Rodolfo de Souza Ribeiro says:

    Prezado Sr. Delton, o manual do meu carro recomenda a utilização de um óleo 5w30 sintético, porém acabei utilizando o 15w40 semissintético durante longo tempo por recomendação equivocada. Posso passar a usar o sintético 5w30? Um frentista disse que não poderia voltar a usar um óleo mais fino.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Olá, Rodolfo. Tudo bem? Não existe problema em voltar a usar a viscosidade recomendada SAE 5W-30, os produtos semissintéticos tem um poder de limpeza inferior aos produtos de básicos sintéticos, sem contar a classificação de desempenho API que não nos foi informada, então minha recomendação é usar o Havoline Sintético SAE 5W-30 API SN e reduzir o período de troca de óleo e filtro em 50% nas duas trocas subsequentes. Após isso, pode voltar ao período anterior. Abraço.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Marcos, bom dia! Sim, os produtos Yamalub são fabricados pela Chevron detentora da marca Texaco, você pode procurar na embalagem do produto a menção que é produzido e envazado pela Chevron Brasil Lubrificantes Ltda. Grande abraço!

  16. Parabéns Delton pela matéria, realmente não tinha visto nenhum outro site com explicações tão simples e precisas, é complicado lhe dar com lubrificantes hoje em dia devido a grande quantidade de achismo, mesmo uma matéria tão bem feita ainda existem pessoas com duvidas simples passadas por frentistas de postos. gostaria de mais informações sobre lubrificantes em pdf ou videos e deixo meu e-mail para sim poder compartilhar comigo essas informações. Obrigado por compartilhar.

  17. Luiz Rogerio de Paula says:

    Prezado Sr. Delton,
    Primeiramente parabenizo-o pela clareza de suas explicações. Se possível, gostaria que me esclarecesse o seguinte: Adquiri recentemente uma Pajero Full, 2012/2012, 3.2-TDI, e tenho que fazer as trocas dos óleos da caixa de transferência e dos diferenciais dianteiro e traseiro. (Veículo está chegando aos 90.000 km.) A Mitsubishi recomenda, conforme manual da época, para a cx de transferência o óleo CASTROL DYNADRIVE, de transmissão SAE 75w-85w, classificação API GL-4 ou superior. Para os diferenciais – Óleo de transmissão, SAE 80w90, API GL-5 ou superior. Atualmente a Mitsubishi recomenda óleos da Petrobras, com as mesmas especificações.
    Gostaria de saber se posso usar na cx de transf o óleo PETRONAS Tutela Geartech 75W85, GL-4, e para os diferenciais o Óleo Valvoline 80w90 Dura Blend Semi-sintético, ou Óleo Diferencial Cambio Valvoline 75W90 100% Sintético.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Luiz Rogério, bom dia! Realmente a Mitsubishi tem um acordo técnico/comercial onde no manual você encontra os nomes dos produtos da BR. Mas você pode usar outras marcas desde que atenda a especificação requerida pelo fabricante. Grande abraço!

  18. Glaito says:

    Boa noite, hoje levei meu New fiesta 1.6 ano 2016 para revisão dos 20.000km, a nota fiscal veio com a descrição de que foi utilizado óleo 5W20, quando no manual diz para usar 5W30. Isto pode causar algum dano ao motor?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Glaito, boa tarde. Tudo bem? Nenhum problema, desde que o óleo SAE 5W-20 requerido atenda a classificação API SN, atenda a especificação Ford WSS-M2C948-B.

  19. Daniel Faleiro says:

    Delton, boa tarde! tudo bem? Refiz o motor de um Opala 1990 6Cil e gostaria de usar um oleo sintetico daqui pra frente. Considerando que é um motor preparado com comando de valvulas mais graduado, cabecote retrabalhado, etc posso usar o 5W40 ou 15w40? Trata-se de um carro que será utilizado 30% em sua capacidade máxima de trabalho.

    grande abs.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Daneil. Bom dia! Sim, pode usar, minha sugestão é que use o Havoline Ultra S SAE 5W-40 API SN (sintético) e ou Havoline Ultra S SAE 5W-30 API SN (Sintético). Abraço!

  20. Ednei says:

    Meu mecânico colocou no Peugeot 308 2.0 ano 2012, modelo 2013, da minha filha, óleo 10w40. Liguei para uma concessionária e eles informaram que o 308 utiliza óleo 5w30. Liguei para outra concessionária da marca e eles me informaram que o óleo correto é o 10w40 e que o 5w30 é para motores 1.6 THP, que são turbo. Não contente, liguei para o Sac 0800 da Peugeot e pelo chassi eles me informaram que o correto é o 10w40 ou o 5w40. Fiquei confuso já que na sua resposta acima você informa que a partir de 2010 a Peugeot utiliza o 5w30 nos motores 1.6 ou 2.0 do Peugeot 308.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Ednei, boa tarde. Tudo certo? A informação para uso de um óleo SAE 5W-30, foi sugerida considerando um melhor desempenho da lubrificação no que se refere a viscosidade, tipo de base e classificação API. Deste modo podemos também considerar o uso do Havoline Ultra S SAE 5W-40 API SN que além de atender aos requerimentos de lubrificação para esse motor, ajuda a lubrificação na partida a frio (devido à baixa viscosidade 5W). Abraço!

  21. Ricardo says:

    Oi, possuo um motor estacionário diesel Toyama de 5hp.Quando ele é usado em regime de maior esforço, aquece mais e sua marcha lenta fica muito baixa após reduzir a aceleração.O mesmo não ocorre com o motor frio.Isso tem alguma relação com a viscosidade do oleo ultilizado?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Ricardo, boa tarde. Não necessariamente, pois o óleo tem pouquíssima influência no regime de rotação (partida / lenta / cruzeiro / transição / desaceleração / plena carga) se respeitada a especificação determinada pela Toyama. Pelo sintoma descrito, de lenta excessivamente baixa, recomendo que verifique a unidade de injetora. Grande abraço!

  22. Lucas bacoli says:

    Olá
    Gostaria de saber o significado da palavra (ultra s) e (ultra w)
    Outra pergunta tenho um corsa 2007 motor 1.8 o antigo dono ultilizou por um bom tempo o óleo 10w 40 na partida a frio ele bate válvulas eu posso voltar com o óleo 5w 30 que é o recomendado pela GM ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Olá de novo, Lucas!
      Com relação ao óleo para os motores 1.8 litros da GM, ela é bem flexível com relação às viscosidades. A sua ideia de voltar a utilizar o SAE 5W30 deverá sim contribuir para reduzir os ruídos de tuchos e válvulas nas partidas a frio. Sugiro o óleo Havoline Ultra S SAE 5W30 API SN. Abraço!

  23. Elísio Caetano Paúnde says:

    Boa noite! Gostaria de saber se existe um aditivo ou elemento que podemos colocar nos óleos lubrificantes já usados em motores e outros mecanismos de transmissão para renovar ou regenerar as propriedades dos óleos e que possamos usar novamente?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Elísio, boa noite! Tudo certo? Não, não há um kit de aditivos capazes de repor as condições originais dos óleos. Apenas para exemplificar, até podemos repor, por exemplo, aditivos antidesgaste ou de extrema pressão, mas não conseguiríamos repor a reserva alcalina ou resolver a questão de presença de contaminantes. Ademais, quando os óleo são fabricados, eles seguem um processo produtivo que não consegue ser repetido fora de instalações industriais (reatores, pressão de homogeneização, conferência de compatibilidade, etc.) Grande abraço!

  24. Hebert Oliveira Callegari says:

    Bom dia Delton. Qual seria o óleo adequado para um Tucson 08/09 2.7 V6 com 103 mil km. Atualmente utilizo o 10w40. O manual não é claro em relação ao tipo de óleo e os técnicos nunca demonstram certeza. Grande abraço!

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Hebert boa tarde, Realmente a Hyunday dá varias opções de viscosidade SAE 5W-20, 5W-30, 10W-40, 15W-40 e 20W-50, eu optaria pela viscosidade SAE 5W-20 o nome do produto é Havoline Energy SAE 5W-20 API SN Sintético. Abraço!

  25. Gabriel says:

    Comprei um Gol 1.6 motor AP ano 2002/2003. No manual do carro, tem duas opções de óleo disponíveis, porém apenas citando normas que o lubrificante deve atender, as VW501.01 e VW502.00. Pesquisando, descobri que os lubrificantes que atendem a 501.01 são 10w40 semissintéticos, e os que atendem a 502.00 são 5w40 sintéticos. O antigo proprietário estava usando 15w40 semissintético no motor. Acabei de fazer a troca, e coloquei o MOTUL 6100 FLEXMAX 5W40 SINTÉTICO (que atende uma infinidade de normas de diversas montadoras, um óleo TOP). Fiz a escolha correta? Terei algum problema em utilizar esse lubrificante?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Gabriel, boa tarde. Tudo certo? Você não terá nenhum problema, pois está utilizando um produto de classe de desempenho superior ao requerido para esse veículo.

  26. Tafa says:

    Oi tenho palio weekend 1.0 16v 2001 estou usando óleo 5w30 o motor foi feito não faz muito tempo mas baixa bastante o nível se não me engano no manual diz pra usar 15w40 coloquei uma vez e na primeira partida do dia estorou o filtro não sei se é por ser mais viscoso que óleo seria bom usar?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Selmo, bom dia! Tudo certo? Obrigado pelo feedback! Em relação à sua dúvida, o produto recomendado para esse veículo é o Havoline Semissintético SAE 15W-40 API SL. Abraço!

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Manuel, bom dia. O grau de viscosidade não é a viscosidade do produto, por exemplo para saber qual é a viscosidade de um óleo de grau SAE 5W-30 é preciso olhar no Folheto Descritivo do Produto e verificar qual é a viscosidade a 40°C e a 100°C que são as temperaturas padronizadas pela ASTM.

      • MARCOS MENEZES says:

        Bom dia DELTON parabens pela materia sobre as viscosidade e tambem tenho duvidas
        em qual oleo devo usar no motor At 1,0 ano 2001 marca WOLKVAGEM o motor esta com 139000 mil rodado e tambem foi feito servico de cabecote os mecanicos recomendam o oleo com a classificacao api sl 20X50 possso utilizar o oleo API SL 10X40

  27. rafael says:

    óleo lubrificante para motos são os mesmos para carro pois vejo a mesma referencia como ex: 10w30 SAE SL Semissintético da Honda, e qual quilometragem correta pois não consegui identificar no manual. Sendo para motos e caso queira substitui pelos lubrificantes texaco qual a indicação.
    obs: gostei das explicações anteriores, conheci por acaso o site pesquisando pelo assunto.
    Parabéns!!

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Rafael, boa tarde! Você tem razão quanto a viscosidade SAE e classificação de desempenho API, mas o que diferencia um óleo de motor para automovel de um óleo para motocicletas é que os para motocicletas são considerados óleos multifuncionais ou seja além de lubrificar o motor, ele também lubrifica a transmissão e a embreagem e para isso precisa atender uma norma japonesa JASO MA-2. Essa norma restringe a quantidade de aditivos anti-fricção, para evitar problemas com a embreagem. A recomendação do óleo correto depende o ano da motocicleta, mas considerando sua menção ao SAE 10W-30, temos em nossa linha o Havoline 4T Motorcycle SAE 10W-30 API SL de base Semissintética. Quanto ao período de troca dependerá do regime operacional que o veículo trabalha e essa informa consta no manual do proprietário.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      José, boa tarde. Tudo certo? Então, falando somente em viscosidade, usar uma classificação de viscosidade diferente do que é recomendado pelo fabricante durante o período de garantia não é aconselhável. Pós garantia usar um 0w-30 ao invés de um 5W-30 pode ser feito, mas é importante verificar também além da viscosidade SAE do óleo, quais são as outras classificações de desempenho necessárias (API, ACEA e requerimentos do fabricante do motor), além do que qual seria a base requerida (mineral, semissintética ou sintética). Grande abraço!

  28. Andre Nunes says:

    Boa tarde.
    A pouco tempo adquiri um Voyage 1.6 2013.
    Fiz a troca de oleo e filtros, conforme manual usei o sintético 5w40.
    O mecanico q trocou pra mim disse q o oleo q estava antes era um oleo mais grosso, penso eu talvez um 15w40 semi, o que pelo manual não é indicado, por pedir sintetico.
    Desde essa troca o motor apresenta ruidos em partida lenta, como um “toc toc toc” no ritmo do motor em ponto morto. O mecanico me disse q foi por essa troca de oleo mais viscoso para um menos viscoso.
    Ele disse q como teste, devo trocar o oleo que coloquei para um oleo mais viscoso.
    Gostaria de saber se esse pensamento procede e se devo fazer essa troca para testar.
    Como o 15w40 não há sintetico, apenas semi, isso pode trazer algum defeito precoce np motor?
    Desde já, grato!

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      André boa tarde,
      Opinar somente com as informações sobre viscosidades não é suficiente e pode os levar a equívocos. É importante saber além da viscosidade a classificação de desempenho que o óleo que estava nesse veículo atendia.
      Na minha opinião você deve continuar com o óleo recomendado pelo fabricante e observar se esse barulho persiste depois da segunda ou terceira troca de óleo.

  29. Douglas prado says:

    Muito bom! Deveria ser de leitura obrigatória para todos os frentistas e entendidos de Autocenter que existem por aí. O que se espalha de bobagens é inacreditável.

  30. clayton lima café says:

    Boa noite Delton!
    tenho uma ford Ranger 3.0 diesel A 7 meses, e nas trocas de óleo não tinha prestado atenção qual o óleo recomendado pelo fabricante e estou usando o óleo 5w30 sintético.
    O RECOENDADO PELO MANUEAL DO FABRICANTE É O 15W40 API-CH4
    O uso do 5w30 pode causar algum dano ao motor? o que vc me recomenda?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Clayton boa tarde,

      Com relação a viscosidade não vejo problemas em continuar a utilizar o óleo sintético de viscosidade SAE 5W-30, o que precisamos saber é qual a classificação de desempenho API desse produto.

      Minha recomendação é o Havoline Ultra Sintético Pro DS M SAE 5W-30.

  31. Antonio Santos says:

    Olá Amigos, gostaria muito de pedir a vossa ajuda, tenho comigo um compressor ja antigo (pistao) que necessita de mudança de oleo, mas minguem me sabe informar, tenho comigo o oleo Total Rubia 15W40 , será que posso utilizar este ?
    Ainda sobre este oleo , alguem me sabe dizer a densidade a 30 ou 40ºC e a 100ºC ?
    A 2ª questao é referente ao Oleo hidraulico Total Azolla ZS68, este oleo utilizo na unidade hidraulica de uma maquina e o meu pessoal me diz que tambem posso usar nos copos de lubrificaçao de ar comprimido, ora se é um oleo hidraulico será que posso mesmo ? Ou tenho que usar um oleo com visc. menor tipo 10 ou 5 ??
    Muito obrigado e agradeço se alguem me poder ajudar, bem hajam

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Antonio Santos bom dia,

      Referente ao compressor é importante saber a marca e modelo do compressor e verificar junto ao fabricante qual é o óleo recomendado.

      Acredito que você quer saber a viscosidade correto?

      Sae 15w-40 possui as seguintes viscosidades:

      · 40°C = 104 cSt

      · 100°C = 14,5 cSt.

      Geralmente óleos pneumáticos são de viscosidade mais baixas.

      Exemplo ISO 10 = produto Texaco Spindura 10

  32. Antonio Santos says:

    Aqui estou novamente, consegui achar informaçoes sobre Rubia 15W40 . Pegando nas informaçoes que estao neste blog, 15 significa viscosidade a 40ºC e 40 significa viscosidade a 100ºC, é isso ?
    Pois nas informaçoes do oleo diz que a viscosidade a 40º é de 100 e a 100º é de 14. Alguem me pode explicar ?!
    Obrigadao

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Antonio Santos bom dia,

      Exatamente isso Sr. Antonio os números de viscosidades a unidade de viscosidade é cSt. (centímetros/segundos).

  33. Felipe says:

    Delton, boa tarde.
    Um óleo 15W40 possui um grau de viscosidade 15W na temperatura de 40 graus e 40 na temperatura de 100 graus, correto? Entretanto, com o motor em funcionamento, o óleo supera a temperatura de 100 graus, tendo a sua viscosidade reduzida. Sendo assim, entendo que o grau máximo de viscosidade do 15w40 é atingido na temperatura de 100 graus. Após isto, o gráfico da viscosidade tende a ser decrescente. É isso mesmo?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Felipe bom dia,

      Sim você está correto na sua interpretação, o importante é que nas altas temperaturas o lubrificante consiga manter uma película mínima o suficiente para evitar o atrito e desgaste provoca do pelo rompimento sucessivo dessa película de óleo. Um produto de alto IV (Índice de Viscosidade) permite uma menor variação da viscosidade em função da variação da temperatura operacional do equipamento.

  34. Denis de Abreu Castro. says:

    Bom dia Delton, comprei um Honda acordd ano 2001 EX -R e o antigo dono fez 10 revisões dos doze anos que ficou com o carro na concessionária autorizada honda. A referência do Óleo que diz o manual do veículo, é o óleo mineral de especificação: SAE 20 W 50 SL, estou na dúvida em qual óleo da havoline posso utilizar para substituir esse óleo mineral da Honda ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Tatiane bom dia,

      Avaliando somente viscosidade não terá problemas, mas certifique-se de outras características de desempenho do lubrificante como tipo de base e classificações de desempenho (API, ACEA, etc.).

      Nunca usar produtos de classificações inferiores.

  35. Edmar T. Pereira says:

    Prezado Delton, boa tarde.

    Possuo um Cobalt 1.8 2015, cujo manual prevê a utilização do óleo 5W30. Há problemas em utilizar um 0W20 com as mesmas especificações de aditivação?

    Att.

    Edmar

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Gabriel bom dia,

      API SN é melhor que API SL, pode usar para esse seu veículo o Havoline Semissintético SAE 10W-30 API SN ou Havoline Sintético Pro DS SAE 0W-20 API SN.

  36. Daniel Santos says:

    Boa tarde, na troca de oleo do toyota corolla recomenda-se 5w30 semissintetico, minha duvida e que posso colocar o oleo 5w40 sintetico no corolla 2015 ? Obrigado

  37. Roberto Castilho Ruiz says:

    Parabéns…
    Tenho um Kia Sorento 2007/08 2.5 CR3 Diesel…160000km
    Uso 5W30…mas a Kia não específica qual o ideal…dando várias opções…
    O que você me sugere ?

  38. Bom dia. Faço parte de um Grupo veículos com Aprox 250 veículos Hyundai Vera Cruz(VERA CRUZ V6 CLUB BRASIL), sobre cuidados e manutenção adequada. Inclusive sou um dos ADM. Nosso modelo parou a fabricação em 2012. Mas os óleos se desenvolveram. Estamos pensando em utilizar nossos grupo o óleo API SN 0W30 … Nosso motor é 3.8 24V 6cc. O que vc acha pessoalmente dessa atualização de uso desse lubrificante..?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Eduardo boa tarde,

      A redução de viscosidade é sempre bem-vinda para a lubrificação , mas precisa ser um óleo sintético e de classificação API SN no mínimo.

  39. Thiago says:

    Olá Delton
    Tenho um Ford Ka 2016 (1,0 3 cilindros) 50000Km que pede um óleo com a especificação WSS-M2C948-B (que é 5w20), Ao ligar na concessionária, foi dito que eles aplicariam um 5w30, atualmente sei que ele está com o 5w30.

    Pergunto, posso colocar qualquer 5w30SN, ou devo colocar o WSS-M2C948-B (5w20)?
    O que são as normas ACEA e ILSAC, e quais especificações o WSS-M2C948-B se encaixa?

    Normalmente o 5w20 é mais caro que o 5w30, essa suposta economia de combustível é compensada com a utilização do 5w20 ( WSS-M2C948-B ) ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Thiago bom dia,

      ACEA é a organização Europeia que clássica o desempenho dos lubrificantes para os modelos europeus. A ILSAQ é uma organização formada pelos Americanos e Japoneses, que também classifica o desempenho dos lubrificantes para motores.

      O requerimento WSS-M2C948-B, é do fabricante do modelo do veículo/motor e isso é mandatório para utilização em seu motor.

      O Havoline Energy Pro DS SAE 5W-20 API SN é mais caro pois atende a um requerimento Ford (WSS-M2C948-B), enquanto o Havoline Sintético Pro DS SAE 5W-30 API SN não atende.

  40. Mário Borges Neto says:

    boa tarde, tenho um astra 2006/2007 flex e estava utilizando o óleo 10w40 nele, no manual a gm recomenda varias viscosidades : 5w30, 15w40, 20w50 semisintetico! Meu carro está com 121 mil km rodados, continuo com o 10w40 ou volto para o 5w30? ele na primeira partida esta batendo um pouco de tucho! Por ser uma km meio alta o 5w30 nao poderia trazer prejuizos para o motor? Obrigado

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Mário boa tarde,

      Se você sempre utilizou nesses 121 mil kms, óleos lubrificantes de qualidade e recomendados pelo fabricante, não precisa se preocupar com o fato de voltar a usar um óleo SAE 5W-30 Semissintético.

  41. Alvaro says:

    Delton, tudo certo? Tenho uma Honda CBR 500R e o óleo indicado pelo Manual da Honda é 10W30 Jaso MA, e estou usando o indicado. Aonde moro é muito quente, Norte de Minas; haveria algum problema usar o 10W40?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Alvaro boa tarde,

      Nenhuma problema a curto prazo e também nenhuma vantagem, continue a usar o óleo recomendado pela Honda, SAE 10W-30 pois ela testou exaustivamente a melhor viscosidade para esse motor.

  42. Lucas says:

    Olá tenho um gol G4 2007 , estou usando o Óleo 15w40 semi sintético, posso baixar para 10w40 ? Não tem problema? , Pois não tenho o manual ,.
    Abraço.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Lucas boa tarde,

      Sim você pode baixar a viscosidade para SAE 10W-40, mas não se esqueça de usar a mesma ou superior classificação de desempenho.

  43. vitor sousa says:

    ola. a minha duvida é sobre óleo para uma scooter. então, tenho uma scooter arrefecida a ar do tipo turbina, chinesa, motor tipo gy6 e no manual indica o uso de 15w40 api sl. face ao exposto, também indica que sempre que não estiver disponível no mercado pode ser usado as seguintes sae: 10w40, 10w30, 15w50, 20w40, 20w50. assim, a minha questão é, sendo difícil de encontrar 15w40 para mota devo substituir de preferência pelas sae que aumentarão o indece em temperatura de 100 graus, tais como 15w50, 20w50 ou então dar preferência a 20w40 ou 10w40 mantendo a viscosidade em 100 graus inalterada e mexendo só na sae de 40 graus. por fim falta falar no 10w30 que reduz a sae a 100 graus e a 40 graus também .

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Vitor bom dia,

      Você pode usar o Havoline 4T Semissintético SAE 10W-40 API SL e JASO MA/MA2, pois fazendo um comparativo com a viscosidade SAE 15W-50 teríamos um ganho na partida a frio e na temperatura plena de operação uma equivalência de viscosidades, além do fato de um semissintético ter melhor estabilidade térmica, comparado com um óleo mineral.

  44. William says:

    ola Delton muito elucidativo seu blog! Possuo um Chevrolet C14 ano 1969 motor GM261 6cc com mais de 400mil Kms rodados e sempre utilizei o descontinuado Havoline 20w40 (atualmente o Superior 20w50). Sabendo que para esses motores antigos fundamental o oleo possuir um aditivo chamado Dialquilditiofosfato de Zinco (Zn DTP), ou Alquil Ditiofosfato de Zinco, ou Ditiofosfato de Zinco ou apenas Zinco, procurei informacoes na ficha tecnica do produto aqui no Brasil porem nao encontrei, apenas nos EUA e que la informa no proprio site conter Zinco a 760 ppm em sua composicao. Como sabemos que o produto la nao necessariamente possui a mesma composicao do daqui, pergunto: este produto Havoline Superior 20w50 aqui no Brasil possui em sua composicao esse aditivo e em que proporcao ? muito obrigado pela atencao e parabens pelo blog!

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Willian boa tarde,

      Essa tecnologia de aditivação tem a função anti-desgaste de proteção e é empregada nos produtos aqui no Brasil e por questões tecnológicas e de desempenho de nossa formula, essa informação é restrita e não podemos compartilhar.

  45. Yuri Duarte says:

    Olá, Delton. Tudo bem ? Deixei meu Gol G5 1.0 2010 na oficina para “fazer o motor”. Será trocado toda a parte de baixo incluindo pistões com seus anéis , bronzinas e outras coisas a mais. O óleo colocado será o 15w40 e será feita após 1000 km uma nova troca de óleo, pois o mecânico disse que pode haver resíduos no óleo resultante do serviço no motor. A pergunta é se após esses 1000km posso trocar o óleo 15w40 por um 5w40. Vi em outro site que o regresso de um óleo mais viscoso para um menos viscoso pode acarretar em danos ao motor. Obs: mesmo após “fazer o motor” esse dano pode acontecer? Muito obrigado desde já.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Yuri boa tarde,

      Sim você pode passar a usar um óleo lubrificante SAE 5W-40 no lugar de um SAE 15W-40. Mas você deve também observar outras características do produto como a classificação de desempenho, o tipo de óleo básico (mineral, semissintético ou sintético).

      Minha indicação para esse motor seria o Havoline Ultra W Sintético Pro DS SAE 5W-40 API SN, uma vez que a retífica tenha sido bem feita.

  46. Nilo Amaral says:

    Olá, Denton! Minha dúvida é a seguinte: na oficina onde troquei o óleo do meu sandero 2012, colocaram o 5W30, sendo que o fabricante recomenda o 5W40 ou o 10W40. Tem problema?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Nilo bom dia,

      É preciso saber além da viscosidade qual é a base do produto (sintético ou semissintético) e a classificação de desempenho do produto que foi colocado.

  47. RICHARD BASSANELLO says:

    Boa noite, comprei uma Ranger STX 4.0 1996 e o antigo dono usava oleo 15w40, mas pesquisando vi que o recomendado é 5w30. Qual o melhor sendo que o carro ja esta com 290.000km. grato

  48. VANDER ASTURIO ROCHA QUEIROZ says:

    Comprei um City 2015 com 65.000 km, o óleo que esta no motor é o 5w30. A pergunta é posso voltar para o 0w20 que é o recomendado pela Honda ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Vanderson bom dia,
      Sim você pode voltar usar o produto de viscosidade SAE 0W-20, mas verifique também a base do produto e sua classificação de desempenho.

  49. Luiz Peres says:

    Boa noite Sr.Delton, comprei um Celta 2006/07.ele está com 103.000 km, a antiga dona já estava usando o óleo Ypiranga 15W40.( semi- sintético )
    Queria trocar para o 5W30( sintético ) para ter menos desgaste na partida a frio.
    Mas tenho medo de começar a aparecer vazamentos, porque não sei a quanto tempo ela está usando esse óleo.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Luiz bom dia, pode fazer a troca para o óleo sintético de viscosidade SAE 5W-30, apenas reduza o período de troca pela metade nas duas primeiras troca e depois volte ao período norma utilizado.

  50. Vanderlei de Freitas says:

    Boa tarde. Adquiri um Celta 1.0, 2012. O antigo proprietário usava óleo 15w40. A recomendação do fabricante é 5w30. Devo continuar com o 15w40 ou não? O veículo esta com 75000 km.

  51. Diana says:

    Boa tarde,

    Tenho um Fiat 500L de 2013 e no início o mecânico colocava o óleo 5W30, mas uma vez que me retirou o FAP e válvula EGR começou a colocar o 5W40. Acha que fez bem? Ou foi uma grande asneira?

    Obrigada.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Diana, bom dia!!
      Recomendamos sempre seguir as recomendações do fabricante e a remoção do FAP e EGR não deveriam ser removidos, entre em contato com o concessionário e verifique quais as implicações na remoção desses componentes.

  52. RENATO says:

    BOM DIA ! TENHO UM GOL G4 GIV 1.0 8V 2013 JÁ TEM 112 MIL KM RODADOS QUAL O MELHOR ÓLEO PARA USAR NO MEU CARRO. 5W40 SINTÉTICO OU UM 10W40 SEMISSINTÉTICO 0U 15W40 SEMISSINTÉTICO.

  53. Bom dia
    Percebo um erro grave nas revendas de lubrificantes , onde a maioria não tem para vender o SAE 5W20 para o Ford KA 3 cilindros .
    Neste caso ,a maioria está indicando , no meu entender ,erroneamente o SAE 5W30 alegando ser melhor e mais barato , tendo esta “falha” inclusive em concessionárias
    Em vista de já existirem diversas opções de SAE 0W20 , devido a várias indicações de fabricantes , neste caso , não seria melhor a revenda indicar o uso do SAE 0W20 nos KA 3 cilindros , na ausencia do SAE 5W20 , usando o princípio da melhor fluidez na temperatura ambiente e respeitando a viscosidade recomendada para o modelo?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Wagner bom dia,

      Sim você está correto em seu raciocínio, informe-nos onde procura pelo produto SAE 5W-20 e entraremos em contato com as revendas.

  54. Júlio César says:

    Boa tarde Delton Stabelini !

    Tire minha dúvida por favor?

    Tenho um Cobalt 2018 com 14mil km rodado só… uso pouco… chego a ficar com ele na garagem até 30 dias…

    no manual do auto esta marcando que eu tenho que usar um óleo 0w20, mas na minha região este óleo é muito caro e tenho que comprar em outra cidade e não me disponibilizo de tempo.

    Gosto muito de usar o 5w30 (recomendado pela FORD para os motores ZETEC ROCAM) e confio muito neste óleo….

    é possivel eu usar o 5w30 no lugar do 0w20?

    Qual os problemas que posso encontrar com o óleo mais viscoso 5w30?

    obrigado pela oportunidade de nos ajudar a tirar todas as nossas duvidas.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Bom dia, Júlio!
      Informe a sua cidade e podemos indicar um lugar onde possa adquirir o produto Havoline Full Synthetic Pro DS SAE 0w-20 API SN.
      O fabricante do motor quando define a melhor viscosidade para determinada geração de motor é porque fez vários teste de desempenho para obter a melhor performance em lubrificação. Nesses motores que a GM pede para usar um óleo SAE 0W-20 você tem ganhos significativos na lubrificação principalmente na partida a frio, pois o lubrificante mais “fino”, sobe mais rápido chegando as partes mais distantes do cárter (eixo de comando de válvulas) em um menor espaço de tempo melhorando a lubrificação. Outro aspecto é a economia de combustível que os óleos lubrificantes de baixa viscosidade propiciam e consequentemente uma menor emissões de poluentes.

  55. Gláucio says:

    Boa noite. Tenho um palio economy 2010 e no manual da fiat fala que pode colocar óleo 15w40 ou 5w30. O carro tem 57.000 km e o antigo dono colocava óleo 15w40. Contudo, percebi que na última troca o mecânico colocou o 5w30. Existe algum problema nisso?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Bom dia, Glaucio!
      Se além da viscosidade de SAE 15W-40 para SAE 5W-30 manteve a mesma base Semissintética e a mesma classificação de desempenho API não tem problema, mas se usou um SAE 5W-30 Sintético no lugar de um SAE 15w-40 Semissintético, recomendo fazer a primeira troca de óleo e filtro de óleo com metade do período de troca adotado, pois um produto sintético tem uma ação detergente (limpeza superior) comparado como Semissintético.

  56. Élison says:

    Bom dia tenho uma Virago 250 2001 o manual diz pra colocar óleo sae 20w40, porém difícil encontrar na minha região qual seria outra viscosidade adequada?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Bom dia, Élison,

      Você pode usar o Havoline 4T SAE 20W-50 API SL JASO MA/MA2 e ou Havoline 4T SAE 10W-40 API SL JASO MA/MA2.

  57. Acácio Gonçalves says:

    Boa tarde Sr. Delton …
    Tenho um JAC J2 a recomendação e 15w40.
    Entretanto, comparei vários o 15w40 o 10w40 de varias marcas e percebi que este último (10w40) ultimo oferece um índice de viscosidade maior e viscosidade cinemática a 40º menor e 100º ligeiramente maior.
    Tem um tempo que estou usando o 10w40 e percebi que a partida ficou “menos pesada”.
    A questão é: essa viscosidade cinemática menor a 40º e maior a 100º compromete consumo, desempenho e durabilidade ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Bom dia, Acácio!
      O que compromete o consumo, desempenho e durabilidade nesse seu exemplo é o primeiro grau de viscosidade por exemplo 15W-40 é pior que 10W-40, ou seja quanto menos W, menor será a viscosidade do lubrificante na temperatura de 40°C, facilitando a lubrificação na partida a frio. Já na temperatura de 100°C é necessário manter uma película lubrificante para evitar o rompimento e consequentemente desgaste.

      • Acácio Gonçalves says:

        Agradecido … a dúvida se situa na questão a 100ºC … se com uma viscosidade cinemática menor eu teria melhor consumo de combustível.

        Por exemplo …
        BR Semi 15W40: 40ºC 103,40 – 100ºC 14,00 – IV 137
        BR Semi 10W40: 40ºC 94,08 – 100ºC 14,20 – IV 156

    • JEAN C G COSTA says:

      Olá Delton e leitores. Parabéns pelo blog. Aprendi muito sobre óleo do motor aqui. Li todas as perguntas. Virou minha referência!

  58. Daniel says:

    Boa noite tudo bem? Comprei uma viatura de marca Toyota Avensis e o antigo proprietário Disse que usava o lubrificante 15W40 E gostaria de saber qual é o lubrificante ideal?

  59. Raúl César says:

    Olá bom! Por falta de conhecimento estou usando o óleo 15w40, mas de acordo a explicação aqui no site, fui verificar que o recomendável para o meu hiunday Tucson(2012) é o óleo 5w30. A minha questão é: posso voltar a usar o óleo recomendado pelo fabricante?

    Obs: já mudei 4 de vezes ou seja já utilizei 4 vezes o óleo 15w40.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Raul César bom dia,

      Sim você pode voltar a usar o óleo recomendado pelo fabricante do veículo, apenas recomendo após a troca por um óleo SAE 5W-30 API SN Sintético, que a primeira troca de óleo e filtro seja feita com a metade do intervalo que vinha sendo adotado com o SAE 15W-40, devido ações detergentes/dispersantes (limpeza) do produto SAE 5W-30.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      José bom dia,

      A recomendação da Fiat para esse ano de veículo é um óleo de viscosidade SAE 5W-30 API SN. Quanto ao período de troca isso dependerá do regime operacional que utiliza o veículo essa informação encontra-se no Manual do Proprietário.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      José bom dia,

      A recomendação da Fiat para esse ano de veículo é um óleo de viscosidade SAE 5W-30 API SN. Quanto ao período de troca isso dependerá do regime operacional que utiliza o veículo essa informação encontra-se no Manual do Proprietário.

  60. Yuri says:

    Achei ótima a matéria , parabéns, mas eu me confundi .
    Se o primeiro número marca a viscosidade quando frio , como ao aquecer se torna mais viscoso ?
    Porque quando está quente o óleo fica mais líquido , tanto que se troca o óleo do motor com o motor quente. Certo ?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Yuri bom dia,

      Os lubrificantes considerados multiviscosos tem exatamente esse propósito de atender em variados gradiente de temperaturas que o motor trabalha a viscosidade do lubrificante. Em outras palavras quando o motor está frio o lubrificante possui uma viscosidade como por exemplo SAE 5W e quando o motor aquece e alcança a temperatura ideal de trabalho é mantido uma viscosidade mínima necessária para uma boa lubrificação que seria por exemplo o grau SAE 30. Juntando essas classificações temos um óleo multiviscoso de grau de viscosidade SAE 5W-30.

  61. Yuri Schmitz says:

    Parabéns pela matéria.
    Mas eu acabei me confundindo .
    Se o primeiro número indica a viscosidade frio, como ao aquecer se torna mais viscoso?
    Porque ao aquecer se torna mais líquido, tanto que se troca o óleo com motor quente.
    Agradeço desde já.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Yuri bom dia,

      Os lubrificantes considerados multiviscosos tem exatamente esse propósito de atender em variados gradiente de temperaturas que o motor trabalha a viscosidade do lubrificante. Em outras palavras quando o motor está frio o lubrificante possui uma viscosidade como por exemplo SAE 5W e quando o motor aquece e alcança a temperatura ideal de trabalho é mantido uma viscosidade mínima necessária para uma boa lubrificação que seria por exemplo o grau SAE 30. Juntando essas classificações temos um óleo multiviscoso de grau de viscosidade SAE 5W-30.

  62. Bom dia Delton Stabelini,
    Comprei recentemente o um Geely Ec7, no manual fala para colocar Óleo SAE 15W40 API mínimo SL, mas pela anotação da última troca foi colocado óleo 5W30, qual devo colocar, posso voltar a usar o especificado no manual ou utilizo o mesmo da última troca, que quais?

  63. Olá bom dia a todos!

    Dr. Delton, excelente explanação a qual a nós leigos leitores ficou muito esclarecedora!

    Tenho um veículo o qual o manual recomenda um SAE 10w-40, porém minha dúvida, é devido o veículo estar recém chegado nós 150mi km, assim, começo a perceber uma partida com maior musicalidade das válvulas!

    Devo subir a viscosidade desde Óleo, caso sim, o que me recomenda?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Ricardo bom dia,

      Não recomendo subir a viscosidade do lubrificante, o que é preciso verificar é se além da viscosidade SAE a base (sintética ou semissintética) e a classificação de trabalho (API) estão corretas.

  64. Olá Delton, recentemente adquiri um Geely Ec7 ano 2014, no selo o último dono colocou óleo 5w30 troca para 10mil km, mas no manual do veículo pede SAE 15w40 API SL ou superior, carro está com 30mil km.
    Um detalhe que eu moro no RS e o carro estava no CE.
    Me ajude por favor.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Vinícius bom dia,

      Pode continuar usando um óleo SAE 5W-30 sintético de classificação API SN o produto Texaco é o Havoline Sintético Pro DS SAE 5W-30 API SN.

  65. Vinicius says:

    Boa tarde Delton tenho um i30 2.0 2011 com 60.000km, utilizo o óleo 5w30 conforme recomendação do manual, mas sei que na Corea é utilizado o 5w20 neste mesmo motor. Será que posso alterar sem problemas?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Vinícius boa tarde,

      Recomendo manter a viscosidade SAE 5W-30 conforme manual, mas em tese não teria nenhum problemas migrar para o SAE 5W-20.

  66. Misael Ladislau da SILVA says:

    Olá, eu comprei Uno Vivace 1.0 2104. No adesivo de controle de troca Óleo do motor o ex-dono colocou 15w40, e já me orientaram a colocar o mesmo Óleo devido a Kilometragem de 70.000. Mas no manual é o sintético SAE 5W30. AFINAL, EU COLOCO QUAL?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Misael boa tarde,

      Coloque o que está no manual um lubrificantes SAE 5W-30 sintético, nosso ´produto é o Havoline Sintético Pro DS SAE 5W-30 API SN.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Roberto bom dia,

      São aplicações completamente distintas, embora um óleo para motor pode ser aplicado em sistema hidráulico, mas um óleo hidráulico não pode ser aplicado em motor.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Wesley bom dia,

      Sim pode! Mas além da base sintética, verifique outras características como viscosidade, classificação de desempenho API e requerimentos do fabricante de motor.

  67. Everton Oliveira says:

    Olá, tenho um honda fit 2010, no manual ele pede oleo 10w30 mineral, porém atualmente no mercado nessa especificação só encontro semi-sintetico. A ultima troca dele feita pelo o antigo dono foi usado o óleo 0W20 sintético. Gostaria de saber se tem alguma contra indicação deu colocar um óleo 5 w40 sintético uma vez a temperatura ambiente onde eu moro passa das 30º graus?

    Obrigado

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Everton bom dia,

      Pode usar o Havoline Semissintético SAE 10W-30 API SN, mesmo sendo requerido óleo mineral o semissintético tem um melhor desempenho na lubrificação.

      A viscosidade SAE 5W-40 nunca foi requerida pela Honda então continue na SAE 10W-30.

  68. Adriano Martins says:

    Bom dia,

    Possuo um Honda New Civic 2007 EXS, anteriormente estava utilizando o 10w30 mineral, e agora estou usando 0W20 100% Sintético. Estou correto em estar usando tal óleo lubrifcante? Posso a vir a ter problemas no motor? Em questão de economia e custo beneficio haverá diferença? Grato

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Adriano, bom dia.

      A Honda adotou esse padrão de viscosidade para quase toda sua linha de veículos comercializados no Brasil e o fez porque deve possuir algum embasamento que sustente tal alteração.

      O benefício de utilizar lubrificantes mais finos (menor grau SAE) traz um pequena redução no consumo, mas se feita além dos parâmetros definidos pela montadora pode acarretar desgaste excessivos no motor (comando de válvulas, principalmente) e perda da pressão de óleo ideial.

  69. LEONARDO MARINELLI says:

    Delton, boa noite!

    Acabo de comprar uma GM/Montana 2005 Conquest, 1.8. O antigo proprietário fez a última troca de óleo em outubro do ano passado (ou seja, faz um ano). Reparei na especificação marcada na etiqueta e o mesmo marcava 20w40. Agora preciso fazer a troca e ficar com o carro de acordo.

    Qual viscosidade ou óleo que o sr. me recomenda? Queria colocar o SAE 5w30, mas estou na dúvida.

    Questão de utilização: o carro é utilizado todos os dias, anda cerca de 30 a 35 km diário, onde cerca de 20 km são estrada de terra (sítio).

    Poderia me ajudar? Obrigado desde já.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Leonardo, boa tarde.

      Seu veículo saiu de fábrica abastecido com um lubrificante SAE 5W30 (a GM informa isto em seu manual do proprietário) e por essa razão em recomendaria que você adotasse o Havoline Sintético SAE 5W30, pois ele possui API SN/RC (nível extremamente elevado) e ainda é atende a especificação da própria GM dexos 1.

      Abraços!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *