Indicadores de Gestão de Frota: o que são e como funcionam

Você sabe quais são as vantagens de usar os indicadores de gestão de frota na sua empresa?

O uso de indicadores de gestão de frota pode ajudar a sua empresa a melhorar o desempenho e reduzir custos. Mas o que são esses indicadores e como usá-los?Um indicador chave de performance, ou KPI (Key Performance Indicator) visa monitorar a eficácia dos processos em uma empresa.

Saiba mais: Manutenção de frota: reduza seus custos operacionais com os 3 diferentes tipos de manutenção

Por meio dele, o gestor tem a oportunidade de analisar com clareza os resultados e tomar decisões da forma mais eficiente possível.

Os indicadores de gestão de frota também facilitam a comunicação com a equipe. O gestor pode apresentar metas e soluções, envolvendo todos com a missão da empresa, independente de nível hierárquico.

“São estes indicadores que darão ao gestor um norte para tomada de decisão, gestão de compras de insumos, renovação de frota, contratação de mão de obra, investimentos em treinamentos e tudo que pode permear uma boa gestão.”, comenta o especialista em logística, Arnaldo Mazzia.

A seguir, falaremos mais sobre KPIs e porque eles são importantes para você e sua empresa.

Quer mais dicas sobre como fazer uma boa gestão de frotas? Leia mais em: Logística de transportes: como lucrar e economizar mais com uma boa gestão

Por que é tão importante mapear os KPIs para a sua empresa?

 

indicadores gestão de frota
Entenda o que os indicadores de gestão de frota podem fazer por você.

Muitos gestores acreditam que manter os processos funcionando em sincronia é o único requisito para o bom desempenho da frota. O gestor que busca excelência, no entanto, sabe que precisa ir muito além disso.

Identificar os KPIs para sua empresa pode trazer esse diferencial para seu estilo de gestão.

Os indicadores de gestão de frota transformam a maneira como você enxerga seus resultados, indo além do monitoramento e identificando mudanças e ajustes necessários.

Além disso, possibilitam projeções de resultados futuros. Podem evidenciar os desvios, quais setores precisam de melhorias e qual a eficácia das políticas aplicadas.

Entender como está a performance da sua frota significa saber como aperfeiçoar os processos de sua empresa. Assim tudo pode ser mais eficaz, reduzindo custos e aumentando o desempenho.

Quais são os indicadores de gestão de frotas ideais?

indicadores gestão de frota
Quais são os indicadores ideais para gestão de frota?

Com tantas variáveis para levar em conta, é importante focar em dados que sejam relevantes.

Alguns indicadores de gestão de frota fazem a diferença no aprimoramento dos processos. Mas como identificá-los?

Inicialmente, destacam-se os indicadores de custos. Compreender como seu orçamento está sendo usado é essencial para avaliar a eficiência dos processos.

Além disso, esses indicadores podem ajudar a identificar fontes de gastos desnecessários e a prevenir despesas imprevistas.

“Os mais importantes KPIs para considerar incluem controle de gastos com combustível, pneus, lonas de freio, lubrificantes, gestão de pessoas, seguros de frota, gestão de oficinas e outros mais.” explica Arnaldo, dono da página Projeto Autonomia – Gerando Valor ao Transporte.

Agora que você sabe a importância dos KPIs, vamos falar sobre quais são os indicadores mais importantes para você, gestor de frota.

Gastos com combustível

Um dos indicadores de gestão de frota mais relevantes, sendo indispensável para entender o desempenho dos veículos e motoristas.

As variáveis mais importantes a analisar são:

  • Média de quilometragem por litro
  • Consumo médio de diesel  por veículo
  • Consumo médio de diesel  por motorista
  • Preço médio do litro de diesel

Dessa forma, é possível identificar diferentes situações que precisam ser ajustadas.

Evite a variação de preços e abasteça em postos de combustíveis confiáveis. Avalie os programas de abastecimento de frotas que possuem uma rede de atendimento de qualidade, disponibilizam dados online da transação por veículo, negociam previamente o valor por litro e as condições de pagamento, etc. .

Alguns veículos com maior consumo de diesel  por km que outros precisam de manutenção.

Motoristas que apresentam maior consumo de combustível  por km que a média devem receber treinamentos para melhorar a eficiência do uso.

Custos com manutenção

Este indicador ajuda a entender qual a porção do orçamento direcionada a manutenção preventiva e consertos em sua frota.

No entanto, pode ir muito além disso se as variáveis certas forem estudadas:

  • Média de custo por manutenção
  • Média de número de manutenções por veículo
  • Média de número de manutenções por motorista
  • Média de gastos em manutenção por veículo
  • Média de gastos em manutenção por motorista

Com esse panorama, é possível identificar as discrepâncias nos  custos de  manutenção e avaliar como atenuá-las. Qual a frequência entre manutenções dos veículos? O serviço é feito internamente ou terceirizado? Se interno, a compra de peças é programada, de acordo com a necessidade, com fornecedor único, através de concorrência, etc? Se terceirizado, a relação comercial com a oficina é por demanda ou está sob contrato?   

Alguns veículos ou modelos podem apresentar problemas técnicos com maior frequência, precisando de substituição de peças. Qual pode ser o motivo desta recorrência? Mau uso, qualidade do combustível, óleo lubrificante adequado?

Ao identificar danos causados por uso inadequado,  é possível remediar a situação através de treinamentos.

Incidência de multas

Multas são inerentes a natureza do negócio. Portanto, para balancear o orçamento é fundamental entender com que frequência ocorrem e qual o montante .

Este custo, no entanto, pode e deve ser drasticamente reduzido com a análise das variáveis certas

  • Valor médio por multa
  • Média de multas por motoristas
  • Média de valor de multas por motorista

É possível, então, identificar os motoristas mais imprudentes. Programas de treinamentos com os funcionários certos podem cortar significativamente os gastos de sua empresa.

Sinistralidade

Esse indicador trata da ocorrência de batidas, acidentes e roubos, além de outras que causem danos ao veículo.

Diferente dos custos de manutenção, a sinistralidade tem a ver com fatores menos previsíveis e mais invasivos.

Mesmo assim, é possível identificar quais são as principais causas desse tipo de custo e tomar precauções para reduzi-lo.

Algumas variáveis importantes para entender a sinistralidade são:

  • Média de acidentes por ano
  • Média de acidentes por motorista
  • Média de roubos por ano
  • Média de roubos por modelo
  • Média de roubos por local
  • Média de roubos por horário
  • Média de roubos por tipo de carga

Analisando essas informações, é possível determinar quais são as situações de maior risco.

Se  um local apresenta maior incidência  de roubos, aquela rota pode ser evitada. Identificando motoristas que se envolvem em maior números de acidentes, treinamentos devem ser ministrados.

Mesmo os custos mais difíceis de prever podem ser estimados e reduzidos através dos indicadores de gestão de frota.

Conclusão

indicadores gestão de frota
Os indicadores de gestão de frota podem otimizar seus processos

Os indicadores de gestão de frota são de extrema importância para o sucesso de sua empresa.

Através deles, é possível construir um panorama detalhado dos processos, mensurando resultados e tornando a tarefa de identificar padrões, problemas e pontos de preocupação muito mais fácil.

Quer conhecer mais formas de melhorar sua frota? Leia mais em nosso blog:

Apto para  identificar os desvios e situações inadequadas, o gestor de frotas planeja intervenções mais eficientes, reduzindo custos e aumentando a produtividade.

Além disso, compreender o funcionamento dos processos através dos indicadores de gestão de frota possibilita a melhor comunicação com a sua equipe. Os indicadores ajudam a transmitir metas, aplicar treinamentos e coordenar ações preventivas para diminuir os imprevistos e gastos desnecessários.

Dessa forma, é possível organizar seus processos e garantir que sua frota funcione da melhor forma possível.

Ficou com alguma dúvida ou quer mais informações sobre indicadores de gestão de frota? Quer saber e como você pode usá-los para melhorar sua empresa? Deixe um comentário no final da página.

guia de logistica

2 comments

  1. Rodrigo Abreu says:

    Bom dia !!

    Muito bom o artigo, realmente indicadores são uma das chaves para o negocio da empresa ou setor dela. No entanto tenho uma dúvida, dentro das ferramentas Lean cada tipo de indicador leva um nome ou sigla, neste caso quais seriam os nomes ou siglas utilizado no linguajar empresarial. Obrigado!!

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Nosso artigo provoca a reflexão da importância dos KPIs na gestão de frotas. Cada empresa tem suas nomenclaturas e ferramentas próprias que poderão levar ao mesmo objetivo.

      Obrigado por nos acompanhar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *