Óleo SAE 15W-40 diesel: Como escolher o produto que assegure uma maior produtividade na frota?

Ao gerir uma frota, é importante estar atento às melhores práticas que influenciam no desempenho dos veículos da empresa. 

A escolha do óleo lubrificante para motores diesel é, seguramente, uma das principais escolhas que devem ser tomadas, uma vez que seu papel na produtividade de um veículo é essencial.

A linha de Lubrificantes Ursa® Texaco é, comprovadamente, o melhor custo-benefício para sua frota, trazendo o desempenho e proteção adequados ao motor e, consequentemente, evitando custos de manutenção corretiva.

Uma prática que o gestor de frota deve adotar, visando o desempenho satisfatório da frota, é a escolha do óleo de viscosidade SAE 15W-40 para motores diesel.

Neste artigo, iremos apresentar mais detalhes sobre a importância deste lubrificante. Boa leitura!

Óleo de motor SAE 15W-40: diferenciais 

A nomenclatura deste lubrificante corresponde à classificação de viscosidade, item essencial do óleo lubrificante que tem como objetivo garantir que as principais funções sejam cumpridas com êxito: prolongar a vida útil dos componentes do motor e elevar a capacidade de resposta sob determinadas condições. 

E quais são as principais funções do óleo lubrificante para motor diesel SAE 15W-40?

  • Lubrificar;
  • Refrigerar;
  • Vedar;
  • Limpar;
  • Pressurizar

O que levar em consideração para escolher o óleo 15W-40 diesel?

Cabe ao gestor da frota observar cada um dos aspectos presentes nos óleos lubrificantes a diesel para escolher a opção mais adequada ao veículo. 

A escolha correta irá acarretar em maior desempenho do motor e, com isso, maior rentabilidade. Estar atento à melhor opção garante maior conscientização sobre a importância da manutenção preventiva aliada à qualidade dos serviços, o que impacta na redução dos custos operacionais.

Com base nos parâmetros indicados pelos fabricantes de veículos, o gestor pode escolher qual o melhor óleo SAE 15W-40 para motor a diesel. Alguns deles são:

  • Composição dos óleos: Os lubrificantes variam em sua composição e podem ser de base mineral, semissintética e ou sintética, e todos carregam um percentual de aditivos. Os aditivos são substancias químicas capazes de melhorar as propriedades dos óleos básicos e ou conferir novas.
  • Viscosidade: trata-se da característica mais importante de um lubrificante, uma vez que é a responsável por manter uma película de óleo entre as peças metálicas em movimento relativo e com isso evita o atrito e desgaste e aumenta a durabilidade do motor
  • Classificação de Desempenho: As classificações de desempenho existem para medir o desempenho e proteção dada pelo lubrificante ao motor. Cada geração de motor necessita de uma categoria de desempenho e proteção que geralmente é definida pela API, ILSAQ e ACEA e ou pelo próprio fabricante do motor através de requerimentos próprios.

Tecnologia ISOSYN® como um diferencial do lubrificante

Aplicar tecnologia ao óleo lubrificante potencializa o seu resultado no motor, sendo um grande diferencial do produto em relação aos demais. 

A tecnologia ISOSYN® promove proteção ao motor do veículo a diesel, prolonga o intervalo de trocas de óleo e reduz os custos operacionais. Outros benefícios são:

  • Longa vida do motor;
  • Maior limpeza interna do motor;
  • Redução do atrito e desgaste dos componentes.
  • Maiores períodos de troca
  • Menor reposição entre intervalo de troca
  • Melhor valor de revenda

Conclusão

O gestor da frota precisa estar constantemente atento ao que proporciona o melhor custo-benefício à empresa. 

Buscar, de forma constante, atualizações sobre os produtos e tecnologias aplicadas é uma forma de otimizar o desempenho da frota, uma vez que a escolha do melhor óleo lubrificante influencia diretamente no desempenho do veículo e, consequentemente, no rendimento.

Logo, estar atento ao produto adquirido, desde que atenda às características da frota, é fundamental para atingir o melhor resultado.

Você deseja saber mais sobre o óleo SAE 15W-40 diesel? Baixe agora o e-book sobre o assunto e veja como ele pode aumentar a produtividade da sua frota!

 

 

Acompanhe também em nosso Blog matérias relacionadas ao assunto.

 

Em caso de dúvida, não deixe de registrá-la nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *