Redes sociais para oficinas: dicas de como utilizar

Estar fora das redes sociais é impensável para qualquer negócio nos dias de hoje, ainda mais para a sua oficina. Os canais digitais são excelentes ferramentas para aumentar a receita do seu estabelecimento, pois, por meio dos diversos tipos de plataformas, é possível divulgar amplamente os seus serviços e se aproximar não só dos clientes, como atrair novos consumidores.

Só que é preciso fazer um planejamento estratégico antes de usar as redes sociais para o seu negócio. Definir, antes de mais nada, conteúdos, objetivos e quais canais utilizar é fundamental para desenvolver um plano de marketing digital para sua oficina.

Utilizar tais ferramentas virtuais com esse planejamento é o que vai ampliar o seu público-alvo, aumentar o movimento da oficina e crescer o seu ticket médio. Então, entenda que não usar as redes sociais para o seu estabelecimento não é mais uma opção: elas são essenciais para criar proximidade com o seu cliente e fazer sua marca chegar mais longe.


Analise a concorrência

Antes de mais nada, observe o que outras oficinas fazem nas redes sociais e quais tipos de conteúdo apresentam – e quais funcionam melhor. Não é para copiar, mas serve de base e parâmetro para você pensar no que quer e no que publicar nos canais digitais da sua loja.

Aproveite e visite as lojas concorrentes para ver os serviços e promoções que eles estão aplicando.  


Defina seus objetivos

É importante estabelecer as metas que você quer alcançar com o uso das redes sociais para sua oficina. Alguns exemplos: 

  • Aumentar o fluxo de clientes
  • Atrair novos consumidores
  • Atingir e atrair clientes mais jovens ou de outras localidades
  • Aumentar o faturamento
  • Criar relacionamento com os clientes
  • Aumentar a visibilidade da loja

Tudo isso implica no tipo de conteúdo que você vai produzir. Você pode criar relacionamento com clientes com novas promoções ou facilidades de pagamento, atrair novos com demonstração de serviços, aumentar o faturamento com o lançamento de produtos e conveniências, deixar a marca mais conhecida com vídeos de divulgação, entre outros.


Escolha as redes sociais para sua oficina

Antes de começar a publicação de conteúdo, defina a estratégia de comunicação que você quer ter com seus clientes. Veja quais canais se adequam melhor ao que quer passar para o seu público e também os mais populares entre sua clientela. Por isso, vale ainda verificar junto aos seus clientes quais redes sociais eles mais acessam.

Hoje, as principais redes sociais para sua oficina são:

Instagram

É uma ferramenta bastante visual e cada vez mais versátil. Por meio dela, você pode publicar posts com fotos da oficina ou de algum serviço específico que queira destacar no dia (ou na semana). Também vale fazer vídeos curtos para mostrar equipamentos e ambientes da loja, como elevadores, máquinas de diagnóstico ou salas de espera.

No Instagram, “brincar” com as imagens – sempre com bom senso, fazer GIFs ou bumerangues de algum serviço específico na área de Stories é uma pedida. Outra dica é produzir Reels com alguma música moderna e bacana mostrando algum produto novo, ou destacando tópicos como: “5 pontos importantes sobre manutenção do carro” ou “5 coisas a observar na hora de trocar o óleo lubrificante”.

Facebook

É a maior rede social do mundo, com mais de 2,3 bilhões de usuários, e, claro, sua oficina não pode ficar de fora. Nele é possível publicar também fotos e vídeos curtos de serviços, produtos e conveniências do seu estabelecimento. Também é interessante inserir links para o site da sua loja ou seu e-commerce, e criar grupos privados só com seus clientes.

YouTube

Segunda maior rede social do planeta em número de usuários, com 2,1 bilhões de pessoas, é o canal mais popular e prático para postar vídeos. Não demanda grandes orçamentos e cria uma interatividade entre a oficina e o consumidor.

No YouTube, é possível criar um canal do seu estabelecimento e publicar vídeos regulares que mostram como são feitos alguns serviços na oficina. São conteúdos que passam credibilidade e agregam valor ao seu negócio junto ao cliente.

WhatsApp

O aplicativo de mensagens mais famoso do mundo tem 1,7 bilhão de usuários e pode ser um canal ainda mais direto com seu público. Você pode criar um grupo com seus clientes para estreitar o relacionamento, com conteúdo variado: desde mandar dicas de como economizar combustível até alertas sobre o prazo para a próxima revisão do carro.

Site

Mesmo com o avanço das mídias sociais, ter o site da oficina ainda é boa estratégia de marketing digital. Afinal, as home-pages oferecem maior autonomia e liberdade sobre leiautes, fluxos de páginas, entre outros aspectos de navegação. No site, você disponibiliza ao usuário aquilo que deseja e da forma como deseja.

Opte por uma página na internet com design limpo e objetivo, e navegação intuitiva para o seu cliente. Monte janelas para mostrar todos os serviços disponibilizados na loja, só que separados, com a explicação em textos curtos. Use imagens bonitas e deixe uma área para contato. Se possível, crie um blog dentro do site com dicas sobre cuidados com o automóvel.

Além dessas plataformas digitais, é interessante estar atento a outros canais digitais que podem trazer mais clientes para sua oficina e aumentar a receita, como o Telegram – um aplicativo parecido com o WhatsApp que permite criar grupo específico da sua loja e convidar pessoas para se inscreverem.


Identidade visual

Vale investir em uma logomarca para a sua oficina, caso não tenha. A identidade visual de uma loja ou estabelecimento é importante para fazer com que o cliente – e o usuário das redes sociais – memorize a sua empresa. 


Treine antes

Não se apavore se você tem dificuldades em lidar com as redes sociais. Antes de mais nada, reserve um tempo para conhecer melhor as funcionalidades do seu smartphone e explore cada uma das redes sociais para entender as ferramentas e possibilidades que ela oferece.

Além disso, antes de postar qualquer coisa de sua oficina, treine bastante. Crie uma conta particular para fazer testes com posts. Com vídeos, grave quantas vezes for necessário até o conteúdo estar do jeito que você deseja. Como dito, observe posts de outras oficinas ou lojas do ramo automotivo para pegar algumas dicas.

Vale também pesquisar programas de edição de imagens. Há muitos aplicativos gratuitos fáceis de usar que podem deixar seu conteúdo com um jeito ainda mais profissional.

Redes sociais oficinas - Quer revender lubrificantes Havoline - Texaco?

Capriche nas imagens

Evite publicar fotos distorcidas ou vídeos com imagens tremidas. Observe o enquadramento do que você quer mostrar, para evitar partes cortadas de algum serviço ou produto, e veja também se o local está bem iluminado.

Se for narrar algum vídeo, procure falar de forma clara, natural e sem parecer que está lendo um texto. Se gaguejou ou o áudio ficou baixo, grave novamente.

Além disso, tenha cuidado com o ambiente da oficina que será mostrado. Evite fazer fotos ou gravação em locais sujos ou onde ficam depositadas caixas dos produtos utilizados. Lembre-se de que é a imagem da sua oficina que está sendo transmitida ali.


Curto e relevante

Faça vídeos de 1 a 2 minutos – conteúdos muito longos podem desestimular o usuário – e em um ritmo dinâmico, sem necessariamente ser apressado. Traga informações relevantes ao seu público e seus seguidores, e que agregue valor ao seu serviço.

Tenha em mente que o seu cliente já vai para sua oficina sabendo que vai gastar dinheiro. Então, nos posts e vídeos, mostre como os serviços são feitos: com qualidade e zelo, com produtos e equipamentos de ponta.


Dê uma cara ao seu canal

Defina uma pessoa para ser a cara do seu canal no YouTube e se tornar um influenciador para a sua marca. Pode ser você, algum funcionário ou mesmo um parente que tenha naturalidade e espontaneidade para falar e fazer os vídeos com regularidade.


Cuidados

Nos posts, é preciso atentar a erros grosseiros de português, palavras vulgares ou mesmo palavrões. Também tenha atenção a comentários deselegantes e agressivos – a internet está cheia dos chamados “haters”.

 Nos vídeos e fotos, lembre-se de ocultar ou borrar a placa dos veículos dos clientes. Além disso, não se esqueça de que “a internet não perdoa”. Revise bem o vídeo ou post antes. Uma vez publicado, fica difícil “apagar” das redes.


Conteúdo regular

Estabeleça uma frequência regular de posts e vídeos. De preferência, no Instagram e Facebook, faça conteúdos diários, enquanto no YouTube o ideal é ter um vídeo novo a cada semana. Mantenha a regularidade do dia dos vídeos para criar hábito no seu usuário.


Ações e promoções

Use as redes sociais para divulgar promoções que levem seus clientes à oficina e atraiam novos. Faça ações específicas no Instagram estimulando pessoas a marcarem outras nos comentários, o que vai aumentar o número de seguidores e ampliar a divulgação da sua loja.


Organize-se

Faça um cronograma para testes. Estabeleça uma meta de 30 dias para você treinar seus vídeos e posts antes de começar as publicações para valer. Depois, reserve sempre dias ou horários para a produção dos conteúdos. Lembre-se de que fazer esse conteúdo não é perda de tempo, e sim investimento.


Monitoramento constante

Faça o acompanhamento constante de suas publicações nas redes sociais e avalie quais conteúdos geraram mais audiência, visualizações, comentários e, principalmente, mais movimento na loja ou aumento da receita.

Apareceu mais clientes, mas o faturamento não aumentou? Apareceu mais clientes, o faturamento aumentou, mas o ticket médio não aumentou? Esse processo de ajuste só vai acontecer quando você fizer uma avaliação diária dos resultados.


Respostas

Não deixe seu cliente ou usuário sem respostas. Se ele mandou uma pergunta, seja no Instagram, Facebook ou WhatsApp, responda o mais rápido possível.

 

Quer mais dicas para que seu negócio continue crescendo? Leia também estes outros artigos:

Além das dicas incríveis de como utilizar as redes sociais na sua oficina, confira o Guia de Marketing que produzimos para dar mais visibilidade ao seu negócio!

Redes sociais para oficinas mecanicas - Guia de marketing

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.