Gestão da meta diária na oficina mecânica

Veja como fazer o acompanhamento da meta diária da sua oficina mecânica para aumentar o lucro do seu negócio.

A gestão da oficina é fundamental para fazer a operação da loja de modo organizado, manter a clientela e gerar receita. Mas a gestão também precisa ser no “cotidiano”. Entender o fluxo de clientes, a receita de serviços e seus custos no dia a dia é aspecto indispensável para estabelecer metas diárias que vão garantir o seu lucro no fim do mês.

Por isso, vamos explicar como fazer a gestão da meta diária da sua oficina mecânica. Importante salientar que é um processo que não trará resultados imediatos, mas que chegarão em alguns meses e na forma de uma receita maior para o seu negócio – e seu bolso.

E também vamos ter exemplo com simulações de números para você entender e colocar em prática no seu estabelecimento.

O que é meta diária?

Meta diária é tudo aquilo que a sua oficina vai gerar de faturamento por dia para garantir o lucro no fim do mês. Para chegar a esse número, é preciso somar primeiro o total de custos da sua loja durante todo o mês, dividido pelo número de dias úteis.

O resultado vai ser o valor mínimo que você tem que obter por dia para cobrir pelo menos os custos. Em cima desse valor, você vai adicionar a margem para estabelecer uma meta diária que vá proporcionar lucro ao seu negócio – mais adiante faremos uma simulação.

A meta diária vai ajudar o dono da oficina a encontrar e entender, no fim do mês, se o estabelecimento está sendo produtivo ou não, e estabelecer seus objetivos a partir daí. Se ele quiser aumentar o faturamento e a receita, a meta diária vai ser a sua bússola para isso.

Três pilares

A gestão desse movimento diário é fundamental. Para tal, é preciso ter três pilares para trabalhar e organizar sua meta por dia na oficina.

1 – Entender o negócio

Determine uma meta compatível com o perfil da oficina. Não adianta colocar objetivos muito otimistas ou inalcançáveis se sua loja não tem estrutura, nem trabalha em um segmento capaz de dar esse retorno.

Por isso, primeiro é necessário traçar o perfil do negócio e analisá-lo. Isso porque até o ramo de atuação (serviços prestados) interfere na meta diária. Por exemplo, estabelecimentos que fazem mais troca de óleo lubrificante costumam ter mais volume de clientes. Os que trabalham com suspensão tem outro ritmo. Os que mexem em motor lidam com serviço mais demorado e os carros ficam na loja por mais tempo.

Também é preciso estar atento ao tipo de cliente que frequenta sua oficina. São donos de carros populares que buscam custo/benefício; proprietários de sedãs médios que são mais tradicionais na manutenção; ou mesmo pessoas que têm veículos de marcas premium?

Outro ponto é a estrutura. Se sua loja tiver limitações de equipamentos, espaço e funcionários, de nada adianta estabelecer uma meta muito alta sem fazer investimentos adequados para atingir tais números.

Gestão diária para oficina mecânica - Linha lubrificantes Havoline

2 – Números e informações

O segundo passo é fazer um levantamento dos últimos indicadores. Ou seja, pegar o movimento dos últimos meses e estudar os números. Para isso, o ideal é ter programas e ferramentas digitais que estejam integrados ao sistema da loja e que abasteçam você de informações diárias sobre receitas, despesas e estoque.

3 – Participação

Não adianta nada estabelecer metas bonitas se os funcionários não estão alinhados com elas. Envolva seus colaboradores e mostre a importância deles para o alcance dos objetivos. 

Conceda bônus e benefícios para motivar a equipe e faça reuniões semanais para ver quem alcançou suas metas e apontar o que precisa melhorar. Além disso, faça um quadro com as metas de cada um e o desempenho do dia a dia.

Indicadores

O segundo pilar que listamos acima é um dos mais importantes nesta estratégia. Quando falamos das informações, é fundamental entender todo o dinheiro que entra e sai da oficina. E não pense duas vezes em usar programas digitais específicos de gestão.

Lembre-se que a sua oficina tem custos fixos, são aqueles custos que não sofrem alteração de valor, mesmo se você aumenta ou diminui o movimento da loja. Por exemplo, custos com impostos, energia elétrica, água, funcionários, manutenção de equipamentos etc.

Mas tem também os custos variáveis, que mudam de acordo com a produção. Quanto mais carros passam na oficina, mais custo variável você terá, com peças, por exemplo. 

Por fim, o faturamento, que também se divide em dois. Tem o faturamento fiscal, que é o todo gerado em nota fiscal dentro de um determinado período, e o faturamento real, que é quanto a sua empresa vendeu, dentro deste mesmo período, independentemente de como você vai receber – se por cartão de crédito parcelado, cheque pré-datado etc.

Exemplo de meta diária oficina mecânica

Vamos a um exemplo que você pode adaptar aos números da sua oficina. Nesta simulação, a loja, em julho, teve o seguinte movimento:

  • Faturamento: R$ 52.000,00
  • Custo fixo: R$ 23.500,00
  • Custos variáveis: R$ 23.500,00
  • Custo total: R$ 49.000,00
  • Dias úteis: 21 – só os dias em que a oficina funcionou no mês, não conta dias corridos

Ao dividir o custo total pelo número de dias úteis, chegamos a um número de R$ 2.333,33. Ou seja, este é o valor que a loja precisa alcançar a cada dia só para cobrir os custos do estabelecimento. Então, importante entender que isso não é uma meta diária, pois senão o dono da oficina não terá nenhum lucro. Isso é a média de custos sobre a qual você vai estabelecer a meta para poder lucrar.

Estabelecer objetivos

Neste caso que usamos, diante do faturamento, o lucro da oficina ficaria em R$ 3 mil ao fim do mês. Para aumentar essa receita, então é preciso gerenciar a meta diária. Como falamos antes, ao organizar os indicadores e entender o perfil da loja, você pode estabelecer seus objetivos de forma clara e dentro da realidade.

E como fazer isso? Primeiro, estabelecendo objetivos definidos e as margens que quer ter em cima da média diária: 10%, 20%? Ainda com base no exemplo que trouxemos neste artigo, vamos supor que o dono da oficina queira aumentar a receita e estabeleça uma meta diária de R$ 2.700,00 para ter uma margem de lucro de cerca de 16%.

Investir no esforço de vendas para agregar serviços e aumentar o ticket médio é o principal caminho. Enquanto o dono está aguardando pelo conserto do veículo, que tal sugerir uma troca de óleo ou uma checagem das pastilhas de freios? Também invista em comunicação visual, com folders e cartazes dos produtos que você negocia na loja.

Por esta razão que uma equipe comprometida faz toda a diferença. O próprio mecânico pode ser um “vendedor”, ganhar comissão e ter bônus para alcançar suas metas diárias.

Acompanhamento – meta diária oficina mecânica

O nome meta diária já mostra que é preciso fazer um monitoramento dia-a-dia. Coloque um quadro de gestão com a meta. No início do expediente, é preciso analisar como foi o desempenho do dia anterior e informar à equipe se os objetivos foram alcançados ou não, e engajar todos os funcionários. 

Ao longo do dia, mantenha-os informados também sobre como está a meta. Lembre-se que é a meta diária que vai mostrar para você onde cada mecânico precisa chegar e qual plano de ação pode ser usado.

 

Se quiser mais dicas para a sua oficina, leia estes outros posts no blog:

Meta diária oficina mecânica - Guia de sucesso serviços atumotivos

Texaco Lubrificantes: mais vantagens para o seu negócio!

A Texaco Lubrificantes dá a força que seu varejo precisa. Com seus produtos, você ganha sempre mais, tendo mais retorno do seu dinheiro! Prepare-se para uma verdadeira parceria de sucesso. Fale com um distribuidor autorizado.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.