Vídeo – Sistema de Lubrificação do Motor

Sabemos que o óleo lubrificante é essencial para a preservação e bom funcionamento do motor. Mas como se dá o funcionamento do sistema de lubrificação do motor?

Para entendermos melhor os detalhes desse sistema, desenvolvemos o conteúdo abaixo e uma animação que demonstra o que se passa dentro do motor a diesel quando o óleo lubrificante entra em ação.
Assista ao vídeo a seguir e confira a explicação completa sobre o sistema de lubrificação do motor:

Sistema de lubrificação do motor: o que é?

Como o termo já indica, o objetivo desse sistema é lubrificar os componentes do motor e reduzir o atrito, a fim de que o desgaste seja minimizado.

Na prática, ele é o responsável por distribuir o óleo ao longo do motor e manter seu bom funcionamento evitando a necessidade de manutenções originário de problemas de desgaste por atrito.

Como acontece a lubrificação nos motores a diesel?

Como acontece a lubrificação nos motores a diesel

Para entender melhor sobre o sistema de lubrificação do motor, vamos apresentar os componentes envolvidos:

  • Cárter do óleo: Reservatório. O óleo presente aqui é sugado pela
  • Bomba de óleo, responsável por promover a circulação de óleo no motor
  • Pescador, responsável por colher o lubrificante no cárter
  • O Filtro, outro componente importante, é responsável por realizar a remoção de impurezas e, consequentemente, evitar que o motor seja danificado. Ele fica localizado no
  • Bloco do motor, onde o óleo transita entre os dutos, é limpo e pode ser desentupido. Caso ocorra o entupimento, a estrutura conta com uma
  • Válvula de alívio de pressão, um dispositivo de segurança que controla aumentos de pressão, que podem trazer riscos ao funcionamento do motor.
  • Luz de pressão do óleo: quando acontece a falta ou queda de pressão no sistema, o painel do veículo irá sinalizar ao condutor por meio deste dispositivo.
  • Óleo do motor: é o componente mais importante do sistema. Sua classificação varia de acordo com o tipo e modelo do motor, levando em consideração itens como viscosidade e índices de desempenho.

Cuidados:

A durabilidade do motor se dá com base na maneira como é utilizado. Ou seja a troca de óleo e filtro dependerá do regime operacional que se utiliza o veículo.

É claro que essa média de intervalo de troca pode ser maior, quando é usado um óleo lubrificante de maior qualidade, que carrega uma tecnologia como a ISOSYN®, por exemplo, que por oferecer melhor dispersão de fuligem, reduzindo a formação de borras e o espessamento do óleo e permitindo que ele trabalhe por mais tempo no motor.

E, claro, reforce com seus clientes a importância em realizar a troca de óleo e o filtro de forma regular!

Conclusão:

Este é um sistema que demanda atenção e cuidados da parte do condutor.

Cabe ao profissional especializado manter o seu cliente sempre orientado quanto à importância em realizar uma manutenção preventiva, por meio da troca regular de óleo, assim como do filtro.

Separamos alguns artigos para te ajudar neste percurso! Confira:

Tipos de óleos lubrificantes: 10 respostas para as dúvidas mais comuns:

Entenda quais são os benefícios dos tipos de lubrificantes do mercado:

3 coisas que os clientes não sabem sobre óleo de motor:

Lubrificante automotivo – Como escolher o melhor?

Em caso de dúvida, não deixe de registrá-la nos comentários abaixo!

 

 

 

5 comments

  1. Moisés Gabriel says:

    Muito bacana o vídeo, e junto as informações de como funciona o complexo caminho do óleo lubrificante da texaco.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *