Qual a diferença entre óleo mineral e sintético

Você sabe explicar a diferença entre óleo mineral e sintético para carros? Entende por que ambos podem ser bons para determinado tipo de carro e não tão bons para outro? Conhecer a resposta para essas perguntas pode ser muito importante para convencer o cliente de que você entende mesmo do seu trabalho, passando segurança e ganhando credibilidade.

Se quiser ter essas respostas na ponta da língua, continue lendo esse artigo que preparei para tirar suas dúvidas sobre as diferenças entre os óleos lubrificantes mineral e sintético. Vamos lá!

Óleo lubrificante mineral

O óleo lubrificante mineral é produzido por meio de uma combinação de aditivos e óleos básicos obtidos pelo refino do petróleo. Eles não são tão desenvolvidos quantos os sintéticos e semissintéticos, embora ainda sejam o produto mais comum e tradicional do mercado, há anos auxiliando o funcionamento de motores à gasolina e a diesel.

As principais características do óleo mineral são:

  • Menor preço;
  • Atender às exigências dos carros mais antigos;
  • Durar menos, necessitando de maior quantidade de trocas.

Óleo lubrificante sintético

O lubrificante sintético é produzido a partir da mistura de óleos básicos sintéticos e aditivos. A palavra “sintético” indica que houve manipulação de empresas para tornar o óleo mais aprimorado que os minerais e semissintéticos. É um tipo de produto que costuma responder muito bem às chamadas “condições severas de uso”: que corresponde ao uso diário do carro em trânsitos complicados, como os da grande maioria das cidades brasileiras.

Em relação à durabilidade, os óleos sintéticos costumam ter composição química sofisticada, proporcionando menos oxidação às peças lubrificadas.

As principais características são:

  • Alta durabilidade, maior do que qualquer outro tipo de lubrificante;
  • Responde melhor aos carros mais modernos do mercado;
  • Propicia mais economia de combustíveis;
  • Excelente relação custo/benefício;
  • Forma menos borra.

Qual a melhor opção para o carro?

Não canso de dizer: a melhor opção para o carro do cliente consta no “Manual do Proprietário”. Não tem erro! Após inúmeros testes, a montadora encontra o óleo que proporciona o melhor desempenho para o motor. Você não vai usar?

Claro que só dizer que o cliente deve usar o óleo porque consta no manual do veículo pode soar um pouco preguiçoso. Então, tente sempre explicar o porquê de estar indicando esse óleo, ao invés daquele.

Se quiser saber mais sobre o assunto e se tornar um expert, siga acompanhando o nosso blog!

Guia de Marketing para automotivos

Especialista Técnico formado pela Universidade Metodista de Piracicaba em Engenharia Industrial Mecânica, Pós Graduado em Marketing. Com mais de 22 anos de experiência no setor de Petróleo, sendo 9 anos na área de vendas de lubrificantes industriais e automotivos, e os demais na área de suporte técnico e desenvolvimento de lubrificantes para mercado brasileiro.

34 comments

  1. Oscar Cunha says:

    Sei que não estou usando o óleo lubrificante não recomendado pela montadora. Possuo um Volkswagen Voyage 1.6, motor EA111 e já está com 160.000 Km e sempre usei óleo lubrificante mineral especificação SL viscosidade 15W40 e nunca tive problema de borra ou de baixar nível. Será que devo mudar?

  2. oscar Cunha says:

    uso óleo Ursa TDX 15w40 em carro a gasolina e já rodei mais de 100.000 km e o motor está em perfeitas condições, não bate nem baixa nível. Devo trocar?

  3. Valdemar Avedian says:

    Por favor, tenho uma duvida e gostaria de sana-la. Se o meu veiculo esta rodando com oleo mineral, posso na proxima troca usar oleo sintetico, ou vise-versa. Falaram que eu não posso trocar pois vai dar problema. Verdade ou mentira?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Oi, Valdemar. Trocar um óleo de básico mineral por um óleo de básico sintético é aconselhável, pois trará ganhos na lubrificação e na limpeza do motor, já o inverso não é verdadeiro. A única ressalva seria com relação as duas primeiras trocas de óleo subsequentes, onde seria recomendável realiza-las (óleo e filtro de óleo) adotando período inferior ( 50%) comparado com a quilometragem praticada anteriormente quando utilizava o óleo mineral.

  4. Daniel Zarth says:

    Olá, tem uma coisa que entendo: O óleo mineral 15w40 tem a mesma viscosidade do semissintético15w40? Se tem, qual seria a vantagem de suar o semissintético? E outra, se eu usar o mineral neste caso de ser a mesma viscosidade não terei problemas no motor, correto?
    Tenho uma strada 1.8 – 8 v 2007/2008
    Abraços

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Daniel, podemos ter a mesma viscosidade para óleos lubrificantes de base Mineral e ou base semissintética. As vantagens de usarmos base semissintética estão associadas a outros benefícios como: estabilidade térmica, menor volatilidade etc.

      A Fiat foi a precursora das montadoras no Brasil a indicar para seus veículos um óleo lubrificante para motor de base semissintética. Utilizar um óleo de base Mineral sem a indicação da montadora pode trazer-lhe problemas. Baixe o nosso aplicativo no seu celular, o Havoline Troca de Óleo. É grátis e lá você encontra o produto recomendado para o seu veículo (Havoline Semissintético SAE 15W-40 API SL): https://www.texaco.com.br/aplicativo-havoline/

  5. Joel says:

    Boa noite
    Tenho Fiat uno 2001 motor fiasa, assim que comprei o mesmo levei ao mecânico para troca de óleo e correia dentada, neste primeiro momento ele indicou óleo 10w40 semi sintético e o tempo passou…
    Tive que fazer uma retifica no motor e ainda continuou com o mesmo óleo quando um dia em uma nova troca de óleo o mesmo mecânico (digo o mesmo mecânico pois não gosto de troca de profissional) manda eu trocar de óleo agora para mineral 20w40, porem sem muita explicação apenas disse que o motor desempenharia melhor.
    Pergunto aos senhores qual de fato é o melhor óleo lubrificante para este tipo de motor?
    Atenciosamente aguardo resposta,
    Joel

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Joel o produto adequado para o seu veículo é o Havoline Semissintético SAE 15W-40 API SL. Quando seu mecânico optou pelo Havoline Semissintético SAE 10W-40 API SN ele estava correto, mas quando optou pelo mineral SAE 20W-40 não fez uma boa escolha.

      Respondendo à pergunta, o lubrificante recomendado para esse seu veículo é o Havoline Semissintético SAE 15W-40 API SL e ou Havoline Semissintético SAE 10W-40 API SN.

  6. Diego says:

    Olá. Tenho um corsa classic sedan 1.0 alcool, ano 2003. Estou usando semi-sintético 15W40. Apesar do manual do carro indicar vários tipos de oleo possíveis para meu carro (indica tanto mineral, sintético e semi), o correto seria eu sempre usar o semi ou passar para o sintético, e não utilizar o mineral?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Diego, deixar de usar um óleo mineral e passar a usar um semissintético ou sintético de mesma classificação de desempenho API é sempre recomendável para uma melhor lubrificação do seu veículo. Abraços! 

  7. José Queiroga de Oliveira says:

    Bom dia, eu tenho um estrada
    2007 e uso o semissintético, tenho uma moto 150 quais óleo são indicados, mineral ou semissintético.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      José, boa tarde!

      Fiat Estrada, ano 2007 – Havoline Semissintético SAE 15W-40 API SL.
      Motocicleta de 150 cc, temos duas opções:
      Havoline 4T SAE 10w-30 API SL JASO MA-2 Semissintético ou.
      Havoline 4T SAE 20W-50 API SL JASO MA-2 Mineral.
      Faça o download do nosso aplicativo Havoline Troca de Óleo, é grátis e lá você encontra o produto adequado a seu motor: https://www.texaco.com.br/aplicativo-havoline/

  8. Luiz Andre Raupp says:

    Boa tarde, eu tenho um cívic 2012 com 65000 km e estou usando óleo mineral 10w30 por indicação do proficional loja de troca de óleo. posso ter proplemas com o desempenho? ou danificar o motor?
    Att:
    LUIZ.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Luiz André, a recomendação para o Honda Civic 2012 é um óleo sintético SAE 0W-20 API SN. O produto Texaco é o Havoline Pro DS Full Synthetic SAE 0W-20 API SN. Usar produto de classificação inferior pode comprometer a durabilidade do motor, fique de olho!

  9. Sergio Viveiros says:

    Tenho um Fox 2010, tive problemas com supeaquecimento, tive que mexer no cabeçote.
    Após instalação do cabeçote, o mtor ficou com um barulho tipo tik tak.
    O mecanico que retificou o cabeçote mandou colocar oleo mineral que poderia parar o barulho.
    Essa informação é correta, qual seria o possivel defeito que esta gerando esse barulho?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Olá, Sergio! A VW recomenda um óleo sintético de viscosidade SAE 5W-40 e classificação de desempenho API SN, o nosso produto é o Havoline PRO DS Sintético Ultra W SAE 5W-40 API SN. Esse barulho pode ser devido a utilização de óleo mineral de alta viscosidade, mas é preciso investigar para ter certeza.

  10. Nino Feijó says:

    Boa Tarde, tenho um veículo com mais de com quase 40 anos, motor V8 302, a gasolina, uso óleo mineral recomendado no manual; o pessoal de carros antigos esta começando a usar óleos para caminhões alegando possuir mais aditivos e ser mais resistentes ! Tem alguma vantagem?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Olá, Nino! Sim, isso pode ser feito. Uma vez que o óleo de motor diesel a ser usado atenda a viscosidade SAE e Classificação de Desempenho API para motores a gasolina requeridos para esse seu veículo.

  11. Samuel Alexandre says:

    Olá comprei um Honda Fit 2011, com 62000 km. Ouvi dizer que a Honda recomenda óleo 10w30 mineral SL(no manual). Mais o antigo proprietário utilizava 10w30 havoline SN, semi sintético. Mantenho o semi sintético, ou coloco o mineral Honda?

  12. Arnaldo Pedro says:

    Boa tarde

    Eu tenho um Toyota Corolla Sedan com 72.000Km. Tenho estado a usar o oleo mineral 20 W50 até agora. Estou prestes a fazer a revisão do carro e quando me fui a Loja para comprar o oleo recomendaram-me a usar o sintético até a viatura atingir e ou ultrapassar os 100.000Km. Será que posso seguir as recomendações do vendedor e passar a usar o oleo sintético?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Olá, Arnaldo! Usar um óleo mineral e passar a utilizar um produto sintético de maior classificação é possível e recomendável. A única precaução é fazer a 1º troca de óleo e filtro com a metade da quilometragem que vinha sendo utilizada e nas próximas voltar à quilometragem que vinha sendo adotada.

  13. Wilson Pires says:

    Bom dia, eu tenho um cívic 2008 com 130.000 km e estou usando óleo mineral 10w30 por indicação do proficional loja de troca de óleo. posso ter proplemas com o desempenho? ou danificar o motor?
    Att: WILSON.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Wilson, boa tarde! A recomendação Honda para esse veículo é exatamente a que você está usando, portanto não terá problemas.

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Olá, Murilo! Sim, para veículos do ano de fabricação 2000 a recomendação original dos fabricantes é usar um óleo de base mineral.

  14. Genilce Rodrigues says:

    Boa noite! tenho um gol 2002 e sempre usei óleo semisintetico e da última vez que fiz a troca de óleo e filtro o mecânico usou óleo mineral , sem muitas explicações ele disse que é o ideal para um carro com mais de 100.000 km rodados. ..isso procede?

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Genilce, boa tarde! Os lubrificantes de base semissintética sempre são melhores que os minerais, considerando que ambos possuem a mesma classificação de desempenho API e independente do odômetro do veículo. Você pode baixar gratuitamente no seu smartphone nosso APP Havoline Troca de Óleo onde encontrará o melhor produto para o seu veículo!

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Adriano, boa tarde! Na verdade você deve sempre usar o óleo que está no manual do seu veículo. Nossa recomendação é:
      • Havoline Semissintético SAE 5W-30 API SN
      • Havoline Sintético Pro DS SAE 5W-30 API SN.
      Uma dica importante: sempre quando mudar de produto, a primeira troca de óleo e filtro deve ser com a metade do período de troca anteriormente praticado. Abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *