Infográfico: Guia do Óleo Lubrificante

Para se destacar no mercado e oferecer um bom atendimento aos clientes, é preciso estar por dentro de tudo que envolve óleo lubrificante automotivo. O tema é um pouco complexo e suas especificidades devem ser amplamente compreendidas para responder os clientes, quando tiverem alguma dúvida.

Elas podem ser referentes aos tipos de lubrificantes automotivos ou até mesmo a respeito da produção e benefícios dos produtos. Se você pretende saber mais sobre isso, não deixe de ver o Infográfico Guia do Óleo Lubrificante. Confira!

oleo lubrificante automotivo

Guia Havoline Texaco

Especialista Técnico formado pela Universidade Metodista de Piracicaba em Engenharia Industrial Mecânica, Pós Graduado em Marketing. Com mais de 22 anos de experiência no setor de Petróleo, sendo 9 anos na área de vendas de lubrificantes industriais e automotivos, e os demais na área de suporte técnico e desenvolvimento de lubrificantes para mercado brasileiro.

8 comments

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Francisco, bom dia! Essa informação de período de troca você encontrará no manual do proprietário em função do regime operacional do veículo. Abraço!

  1. Rodolfo Lazaretti says:

    Delton, Bom dia! Com relação a carros mais antigos (anos 30 a 60) existem algumas dúvidas entre o proprietários e gostaríamos da sua opinião.

    1. Se o óleo recomendado para o carro na época é um monoviscoso 30, qual seria o melhor equivalente multi viscoso hoje? (Considerando que o motor esta limpo, sem borra, em boas condições de funcionamento.)

    2. Existe uma discussão enorme sobre a retirada do ZDDP na classificação SM. Existem outros componentes nesse óleos que substituem o ZDDP? Essa classificação pode ser aplicada sem problemas em motores antigos?

    Desde já, agradeço a atenção!
    Rodolfo

    • Delton Stabelini Delton Stabelini says:

      Rodolfo bom dia,

      1. Para esses veículos mais antigos, carros que na época era solicitado um óleo monoviscoso, o mais importante é pensar na viscosidade na alta temperatura então podemos aplicar o SAE 10W-30 ou 5W-30.

      2. Desconheço tal informação de retirada do ZDDP dos lubrificantes, essa tecnologia é ainda a usual na classificação SN, devido ao seu desempenho e custo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *